17:19

Trancado


Eu fechei todas as portas. Eu tive esperança, mas nada aconteceu. Foi passado uma grossa corrente em volta do meu coração. Mas ele suplica, ele implora, qê haja alguém qê o faça pular de novo. Alguémquebre essas correntes. Ou alguém apenas para fazê-lo aceitar estar acorrentado. E cada um qê passa, não é suficiente para tal ato. E ele vai se sentindo cada vez mais vazio. E o buraco dentro de si vai aumentando cada vez mais. E as pessoas vão se tornando pequenas. Então ele retira o sorriso de uma, a alegria de outra, o abraço de uma, beijo de outra, o cheiro de uma, o cabelo de outra... Tira a intimidade, a cumplicidade, a confiança. E aos poucos ele vai construindo alguém perfeito pra si próprio. Só qê toda vez qê ele tá com o sorriso, ele quer a intimidade. Ou qndo ele tá com o abraço, ele quer a confiança. Qndo está com a cumplicidade, ele quer o beijo. E parece qê o vazio continua aumentando cada vez mais. E o qê um dia foi um espaço perfeito para uma pessoa se encaixar, hoje precisa de tantos para sempre se tornar vazio cada vez mais!! ;/

Nenhum comentário:

Postar um comentário