01:52

1 Ano


   Sabe, às vezes eu gosto de ler textos melancólicos & lembrar de tudo entre a gente. Me sentir a errada, sabe!? Vcê não vê nenhum texto alegre se referindo a vcê. Todos são tristes. Mas é prqê é assim qê eu me sinto. Triste. Não por não ter vcê, mas por todo diia ter qê desconstruir aquele futuro qê planejamos. Os planos são os mesmos, só qê a pessoa, não mais vcê. Três filhos, dois cachorros, um gato & uma tartaruga. {rsrsrs'...} Amigos!? Mas como ser amiga da pessoa qê te fez tanto sofrer!? Mas como olhar pra essa pessoa & fingir qê nada ainda dói akê dentro!? Mas como ser amiga da pessoa qê te abandonou no momento qê vcê mais precisou dela, qndo ela foi embora!? É... Eu prometi qê seria forte. Isso não quer dizer qê eu sinta menos, nem qê eu chore menos. Se eu choro!? Choro siim. Toda vez qê eu me lembro do qê fomos & do qê já não somos mais. Mas eu sei qê a minha decisão foi a certa & qê algum diia, no futuro, eu não vou mais sofrer & serei capaz de amar outra vez. Só quero te desejar toda felicidade do mundo. Desse mundo qê eu sempre desejei abraçar com meus pequenos braços. E desejo a miim mesma, encontrar um diia, um alguém qê seja o oposto de vcê, pra qê eu não sinta vontade de chorar toda vez qê algo me lembre vcê. Desejo a nós dois qê possamos sorrir tanto qnto sorríamos juntos. E peço a vcê qê sempre tenha um sorriso no rosto qndo for lembrar de miim. E qê ache um charme aquele meu jeito grosseiro qê eu tinha. Prqê nada no mundo me doeria mais do qê saber qê vcê vive como se eu nunca tivesse existido. Prqê pra miim vcê existiu, & cada pedacinho do qê sou hoje tem um pouco de vcê.

Para TH

Nenhum comentário:

Postar um comentário