00:46

Você


Eu nunca, durante todo esse tempo, nunca compreendi essa tua necessidade gigantesca de ocultar tuas fraquezas, digo, de tentar esconder toda e qualquer demonstrhttps://farm5.staticflickr.com/4300/35218316483_e71c3cd7aa_o.gifação de afeto perante a mim. Você não é de aço. Não é, por Deus, pare de tentar se tornar indestrutível. Pare de uma vez por todas de negar que não sentiu, tudo bem? Porque eu sei, eu te conheço, sei que você se entregou, gostou, quis, desejou. Eu sei. Mas eu não fui o suficiente pra te segurar; você facilmente esquece, passa por cima, deixa de lado. Você segue em frente. E talvez esse tenha sido o meu pior erro: Vi amor da tua parte e pensei que seria o bastante pra te fazer ficar. E de certa forma, você quase permaneceu. Se não fossem esses teus olhos aparentando um abismo e esse teu cabelo cheiroso e esse teu sorriso hipnotizante, se você não fosse um pedaço do paraíso, talvez você persistiria. Deixaria de lado esse teu desapego por quase tudo e ficaria. Mas você atrai todas as garotas do mundo e isso te deixa um pouco disperso, você sabe. Só que um dia, anota aí, um dia você vai encontrar uma guria que te fará repensar na tua vida inteira e vai amar até mesmo aquele dedinho estranho do pé da mesma. Você vai precisar dela e vai torcer para que a ligação que vocês compartilham nunca acabe. Um dia, quem sabe, você goste de alguém tanto quanto eu gostei de você. Espero que você também compreenda que eu nunca quis te forçar a sentir nada, mas só queria que você gostasse um pouquinho de mim... Só um pouquinho. Eu te quis o tempo inteiro, é uma pena que você nunca teve a pretensão de querer nos levar para frente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário