02:26

Madrugada


E vcê veio cambaleando naquela madrugada, me dizendo qê queria qê eu fosse sua. Qê não havia nada demais em ficarmos juntos, depois de todo aquele tempo, neah!? Mas havia tudo demais. Havia demais em me entregar, em te beijar & perceber qê só vcê poderia me completar. E as lágrimas insistiam em querer cair, mas meu orgulho as segurava. Eu nunca tinha chorado na frente de homem nenhum & vcê não ia ser o primeiro a me ver chorar, mesmo qê fosse o primeiro a me fazer derramar essas terríveis lâminas em minhas madrugadas solitárias. E seria exagero demais dizer qê naquela época eu queria morrer. Mas eu queria mesmo. Que graça teria uma vida qê não pudesse ser compartilhada com vcê!? Vcê se foi, dizendo qê agora eu era sua namorada. Eu parecia uma boba louca sorrindo sem parar. Vcê não devia me fazer tão feliz pra depois me magoar. Eu só queria qê vcê fosse sincero. Se sentisse amr, qê dissesse. Se me quisesse, mas me quisesse só hoje, qê dissesse. Só não queria nunca não saber.

Para JSM

Nenhum comentário:

Postar um comentário