23:03

Preciso


O que eu preciso não está em Paris, Nova Iorque ou Londres. Não está nas vitrines das lojas, nem no comercial da televisão. Não se compra com papel, não vem embalado, não mata a fome. Não é de vidro, nem de plástico, nem de ouro. O que eu preciso já esteve muito junto de mim. Tem nome, endereço e telefone e, diga-se de passagem, um sorriso lindo. Te adoro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário