23:39

Arrazo


Queria aproveitar para fazer um elogio a mim. Sim, chega de me detonar. Queria te dizer que, apesar de você se sentir imensamente sozinha de vez em quando, eu sou milhares. E todas essas milhares te acham a melhor mulher do mundo. Queria bater palmas pra todas às vezes em que você sacrificou o que você mais amava em nome de seguir à diante com o teu fígado e todas as vezes em que você ficou pequenininha para que ficar grande fosse ainda maior. Obrigada por nunca ter fugido de mim. Obrigada por ter me encontrado. Obrigada por estar aqui. Confie que agora, de dentro de mim, conquistar o mundo vai ser ridículo. Ah, e tem mais: sua bunda até que é bonitinha, mas o resto é um arraso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário