03:05

Nossa História


A primeira vez que eu tive algum sinal da sua existência foi quando li teu nome pela primeira vez... Estava na lista dos alunos da 8º série... Não sei porque, mas esse nome ficou na minha cabeça, e a curiosidade de saber quem seria o dono dele foi maior... Eu ainda me lembro, como se fosse ontem, a primeira vez que eu vi você... Estava na janela da classe, e quando resolvo olhar para trás, para ver os novatos e rever os antigos... Eu vejo você... Desse seu jeito tão meigo e tão especial... Nesse momento sinto a maior alegria que já senti em minha vida... Alguém que eu não sabia como, mas eu esperei por toda minha vida... E faço de tudo pra saber teu nome... Até que descubro que você é o dono do nome que tanto ficou na minha cabeça... E o ano se segue... Eu te admirando, te olhando, te esperando... Até que alguém me abre os olhos, me diz que eu estou amando você... E é aí que eu percebo o sentimento que sempre carreguei em meu coração, mas não sabia... Ir na escola? A melhor coisa que existia... Te olhar? A melhor sensação... Era a coisa que eu mais gostava de fazer... E como eu gostava... Te ouvir explicar algum trabalho? Era poder te olhar sem parar sem que ninguém achasse estranho... Era ver o seu sorriso e sorrir também... Era sonhar contigo e querer ir mais além... Um ano assim... Sem falar com você... Sem te conhecer... Sem você saber do que eu sentia... E por falta de coragem e um pouco de infantilidade, eu nunca tentei nada... Nunca tentei ficar com você... Nunca tentei ser sua amiga... Pra mim bastava te olhar... E eu te deixei passar... Nas férias eu fiquei tão triste... Eu tinha te perdido pra sempre... E não podia fazer mais nada... O erro era meu e eu que tinha deixado você ir... Como se não fosse nada pra mim... E era tudo... Fiquei sabendo que você tinha ido estudar em um colégio aqui perto... E eu fiquei tão feliz... Eu podia te encontrar quando quisesse, pois eu sabia que você estaria sempre lá... Foi quando eu decidi esperar a feira de ciências do seu colégio... Assim eu poderia ir no seu grupo ouvir sua explicação... Assim eu tinha certeza que você iria falar comigo... Nem que fosse um 'oi'... Pois você me reconheceria... E prometendo pra mim mesma que iria perder minha vergonha e pedir pra ficar com você... Mas o ano foi passando... E eu já nem lembrava de você... Não sabia qual era a lembrança do seu rosto... Do seu jeito... E ainda havia outra pessoa que preenchia todo o meu tempo... Que não me deixava pensar em você... Que não me dava uma folga... E assim meu sentimento foi sendo esquecido... Pouco a pouco... Até que era raro lembrar de você... Mas nunca deixava de lembrar... Na época da sua feira de ciências... Eu lembro que não fui... Eu estava passando por um momento muito delicado na minha vida... Eu tinha perdido algumas das pessoas mais importantes na minha vida... E ainda não tinha você... Eu lembro que lembrei da sua feira de ciências... Mas lembro também que minha depressão não permitiu que eu fosse... E eu nem fiquei sabendo do dia que ela era... O ano passou e eu realmente achei que não veria mais você... Até que fiquei sabendo que parecia que você estava estudando na classe do primo da minha melhor amiga... Assim eu percebi uma coisa... Você não tinha ido embora... Você sempre esteve lá... Esperando a hora em que eu estivesse pronta para tentar... Sei que prometi pra mim mesma tentar ficar contigo... Fazer amizade com o primo da minha melhor amiga era um desafio... Até que o primo da minha amiga resolve que quer ficar com ela... E eu faço um trato com ele... Eu ajudava ele com a minha amiga e ele me ajudava com você... Nesse meio termo... De indecisões e tentativas, ganhei um amigo... O primo da minha amiga... Um amigo que guardarei pra sempre... E assim eu tento te conquistar de todas as formas... Te ligando... Te mandando mensagens... Tentando marcar contigo... O tempo passa... Seis meses passam... E nesses seis meses eu não paro de pensar em você em cada segundo... Eu não paro de sonhar com você... Mas mesmo assim eu não me sentia amando você... E eu não consigo nada... Até que eu realmente desisto... E tento ficar com outra pessoa... Minha vida vai andando tão bem... Eu nem lembrava mais de você... Você pra mim não significava mais nada... Até o dia em que você é realmente citado na minha vida... De um jeito que você ficou no meu pensamento... Foi quando realmente eu percebi... Eu sempre te amei... E eu estava fazendo a pior coisa da minha vida... Tentando ser feliz com outra pessoa... Se toda a minha felicidade estava em você... Deixei o garoto que eu estava pra realmente tentar com você... Sei que dessa vez eu prometi pra mim mesma que não ia deixar você ir embora tão fácil... Que eu ia ficar com você custasse o que tivesse que custar... Eu ia morrer tentando e não ia desistir... Até que surge uma oportunidade... Uma festa perto da minha casa... E quando eu vejo você... Eu senti a mesma coisa que eu senti na primeira vez que eu olhei pra você... Aquela felicidade... Aquela sensação de encontrar o que se buscava... E te beijar? Eu não sei explicar... Algo que eu nunca senti... É como se eu fosse beijar você por toda a minha vida e não me importava com isso... É como se cada minuto longe dos seus lábios fosse uma eternidade... Nesse dia você me disse uma coisa... Uma coisa que eu nunca vou esquecer... Você disse que estava gostando de mim... Que felicidade... Eu te amava... E você gostava de mim também... Vou namorar com você... Eu queria isso... E era esse o meu próximo passo... Tentar ter você como meu namorado... Fui usando minhas armas e meus segredos... E depois desse dia você não me deixou mais só... Você veio me encontrar sempre... E eu que não estava achando tão ruim assim, te encontrava também... Até o dia da gente namorar de verdade... Hoje ao estar ao seu lado sei o quanto sou feliz... E que era isso que eu esperava... Essa era a felicidade que eu sempre esperei e reclamei tanto por não conseguir encontrar... Você sempre esteve lá e eu feito uma boba nunca dei a importância que esse fato merecia... Hoje ao seu lado sei que sou a pessoa mais feliz do mundo... Sei que vou te amar para sempre... Porque em todo esse tempo eu nunca te esqueci... E sei que não esquecerei por um bom tempo... Eu só espero que o que você sinta por mim seja tão grande e forte como o que eu sinto por você... Você é o meu presente... O meu amor... A minha vida... O meu lindu... E sabendo disso sigo feliz, pois já não preciso de mais nada... Quando sei que tenho seu amor... Te AmOo!!!

Para RSN

{texto escrito em 2007}

Nenhum comentário:

Postar um comentário