00:52

Sei


Eu aprendi errando... E estou ciente disso... Sei que por mais velha que eu fosse na idade, na mentalidade eu não era... Sei que eu preferia não te responder a ter que dizer que não te amava... Sei que eu te conquistei pelo que eu era, mesmo que eu fosse chata, ignorante e briguenta... Sei que posso não estar contigo até o fim, mas farei o possível pra estar lá... Sei que eu devo procurar a felicidade, mas você a esconde e eu não sei onde... Sei que quando eu penso saber de tudo, você me faz parecer que não sei de nada... Sei que eu não me dei por inteiro, mas tive medo... Sei que aquele dia foi mais importante que todos os anos da minha vida... Sei que eu preciso de uma palavra de carinho sua... Sei que eu não posso sonhar, mas sonhos são as únicas coisas que tenho agora... Sei que eu já não sou mais criança, mas você me trata como uma... Sei que eu sou livre, mas de uma forma ou de outra estou presa a você... Sei que vai demorar para ser quem eu quero, mas por você eu to tentando... Sei que eu posso ir além dos limites que eu mesma coloquei, mas você insiste a me fazer ter medo... Sei que eu preciso de um coração pra me entender, então porque você não me entende!? Sei que tudo passa, mas você ficou... Sei que o tempo cura todas as feridas, mas não curou a minha... Sei que nada compra o teu amor, mas o que faço para conseguí-lo!? Sei que eu tive que aprender a perdoar, e te perdoei, mas pra quê serviu isso!? Sei que beijos não são contratos, mas porque você insistia em me falar de amor!? Sei que eu posso tudo, basta querer, então porque eu não fico com você!? Eu quero ficar com você... Sei que você não me pertence, mas porque você brinca como se me pertencesse!? Porque você me acostuma tão mal!? Viva sua vida e me deixe te esquecer... Eu não consigo esquecer... Não consigo me imaginar sem você no coração... Vou deixar o tempo decidir o que tiver que ser decidido... Vou deixar a vida me guiar por caminhos que ela escolher... Aí quem sabe no final de algum deles eu encontre você!

Para JSM

{texto escrito em 2007}

Nenhum comentário:

Postar um comentário