02:07

Saudade


A gente fala de saudade depois que se esgotou tudo. Acabou a diversão, os amigos foram embora e você olha para o lado da cama e não tem ninguém. É fácil ter saudade numa segunda-feira a noite. É ainda mais fácil ter saudade entre três e cinco da manhã depois de algumas cervejas. Quem nunca quis um colo só por algumas horas porque as coisas não estavam legais. Eu faço isso, já fiz centenas de vezes. Mas eu sei que saudade de verdade a gente sente quando estamos num lugar legal e pensamos, "Poxa, queria que ela estivesse aqui". Aquela vontade de mostrar uma música, de brigar e dividir um travesseiro. Acordar com um sorriso bobo pela manhã só porque sonhou com a pessoa certa. Bom mesmo é quando alguém tem saudade de ti, e você some, só pra ver se acontece. Ontem eu mandei o bom velho "Saudade" no meio da madrugada; vai que eu acerto o dia, vai que ela viu um filme que a gente já viu, vai que eu dou sorte e recebo um "Eu também". Por enquanto nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário