01:17

Me Deixa


Eu sei qê eu não tenho moral nenhuma pra vir akê & te pedir pra ficar. Não tenho moral nenhuma de te pedir pra se decidir, nem nada. Logo eu qê sempre fui tão em cima do muro, logo eu qê nunca soube o qê queria, logo eu qê fui embora tantas vezes. Eu não tenho como te pedir pra ser diferente, prqê eu também não sei ser diferente. Eu não sei ser essa garota qê corre atrás, qê suplica, qê luta pelo amr... Prqê eu sempre vou ser a garota qê foge. E me desculpa por isso também. Me desculpa por não corresponder as expectativas. Desculpa por chegar tarde demais. Por voltar tarde mais. Desculpa por eu ser eu. Desculpa por gostar tanto só agora & por querer tanto qê fica até impossível de respirar. Eu não vou ser a garota qê vai bater na sua porta & te suplicar pra ficar cmg, prqê eu sou a garota qê preciso tanto qê alguém me queira qê o fato de alguém não me querer me faz ter medo. (...) E qnd eu fecho os olhos eu lembro do teu cheiro, mas rlx, eu vou lembrar dele sempre. Eu vou lembrar de como eu brincava com teu cabelo & de como sua bunda fica linda enquanto vcê andava na minha frente. Eu sei qê é estranho a gente só se ver ou se falar qnd a gente tem vontade um do outro, mas a gente sempre foi assim. Sempre. Desde a primeira vez qê eu te vi, na parada do ônibus, já ficava difícil dizer 'não' pra nós dois. Desculpa por eu ter te colocado dentro da minha história louca & por eu ter ido embora sem nunca ter te dado uma explicação. E desculpa mais ainda eu querer explicar alguma coisa agora. Eu só não aguento esse nó qê me dá akê dentro, essa saudade sem fim & esse desejo de te ter. Me perdoa por precisar fugir mais uma vez. Desculpa por ser fraca & por não saber o qê fazer. Eu também tenho medo de fazer as escolhas erradas. Então me deixa ir, mas deixa mesmo, me deixa ser só eu, somente eu, sozinha, sempre sozinha & vem ser apenas mais um dos tantos caras por aí qê também não quer.

Para RL

Nenhum comentário:

Postar um comentário