01:03

Existe


Existe uma versão sua pela qual ela se apaixonou. Existe um eu aí dentro que ainda mexe com ela. E, se quiser reconquistá-la, terá que voltar a ser o que já foi um dia. Cá entre nós, essa pessoa deixou de existir já faz algum tempo. Aquele cara engraçado, sensível, romântico, ficou no passado. Aquele que se esforçava para realizar os sonhos dela. Aquele que fazia de tudo para vê-la sorrindo. Ela sente falta dele. Na verdade, ela ainda é apaixonada por ele. O problema é que, aquele cara, com o passar do tempo, se transformou em você. Sim! Esse ser chato, egoísta, grosseiro e insensível. Ela suportou todo aquele tempo porque ainda acreditava em vocês. Acreditava que aquele homem que a conquistou ainda existisse. Ela resistiu graças aos momentos em que ele ressurgia, mas, com o tempo, esses momentos foram ficando cada vez mais raros. Até sumirem. Até que um dia ele se foi e não voltou mais. E aí, só restou você. E, para ela, esse você aí é muito pouco. Ela merece mais e você sabe disso. Nenhum sentimento, por mais forte que seja, resiste a tanta mágoa. Mas, posso te contar um segredo? Ela ainda te ama. Quer dizer, ama o homem que você costumava ser. Agora resta saber se você fingiu ser outra pessoa para conquistá-la ou se deixou de ser você mesmo e por isso a perdeu. Acho que não preciso te dizer que existe um monte de caras por aí dispostos a ocupar o seu lugar, não é mesmo? A decisão é sua. Você já sabe o caminho daquele coração. Você se esforçou muito para chegar até lá da primeira vez. Não estrague tudo assim. Olha, eu não vou mentir pra você. Pode ser que seja mesmo tarde demais. Talvez não tenha mais volta, mas isso você só vai saber se tentar. Só vai conseguir com muito empenho. Diz aí! Acha que vale a pena? Quer virar esse jogo? Quer ela de volta? Então, pra começar, volte a ser o cara pelo qual ela se apaixonou um dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário