02:25

Ver No Que Dá


Eu ainda queria te ouvir, saber se você pensou em voltar, se mandou arrumar aquele zíper do casaco ou aprendeu a cozinhar o filé que a sua mãe faz. Saber de você, dos seus dias, da sua rotina longe de mim. Porque as coisas mudam, não mudam? Se não mudassem, algo estaria errado. E foi justamente para mudarem que acabamos, eu lembro bem, para você ter outra rotina no seu canto e eu no meu, "vermos no que dá". E tem tanta coisa que ninguém previu… Tanta saudade que não se calculou. É por essas e outras que eu nunca durmo muito longe do telefone. Eu ainda queria te ouvir, mesmo sabendo que nenhum de nós tinha o que falar.

- Camila Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário