19:01

Colar de Pérolas


O colar de pérolas desfez no teu peito porque não te merecia, assim como o amor que você pensou ter encontrado no sábado e acabou noutro dia, te encolhendo aos olhos do mundo, que não percebe que o formato da tua boca, voz e cabelo, são composições de um absurdo que, chama pelo teu nome. És inteligente demais para o final de semana, sei dos dias que passam sem que você arrume a cama e que, deixa o telefone fora do gancho, mesmo que nunca te liguem, apenas para dizer aos anjos que está sem tempo, pois viver come todas as tuas horas; a paixão, os segundos e os milésimos de segundos. A juventude é um compromisso inadiável, aonde o tempo e o amor brigam para saber quem passa mais rápido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário