00:04

Indeciso


Ser indeciso nem sempre é não saber o que se ama, ou o que se quer, mas amar ser para-raios de todas as possibilidades do mundo. É querer pintar o céu de azul. E por que não de vermelho também? É querer comer creme de milho. E brigadeiro de panela. Ao mesmo tempo. É querer sumir, viajar por aí, mas também querer um beijo, um colo. Vivendo no melhor da decisão, onde as dúvidas não me prendem, mas me mostram o mundo, deixo a certeza para os outros, elas são tão monocromáticas, já as dúvidas... sempre tão coloridas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário