23:37

Amou


Amou três mulheres. Amou dois homens. Amou uma cadela e logo depois uma dúzia de filhotes que, vieram de um pai desconhecido, aparentemente muito bom em pular portões. Amou o trabalho. Amou as férias de 2008. Amou o encontro com os amigos da época da escola - e lembrou que amou um deles. Amou o vestido de uma garota no metrô. Amou centenas de pessoas no metrô que não sabia o nome, e nem por isso deixaria de amá-los. Amou o tempo. Amou a mãe. Não conseguiu dizer ao pai que o amava, mas também o amou. Amou um disco. Amou quatro filmes e está amando o livro que está lendo, indicação de alguém que ele tentou não amar, mas amou muito. É o homem mais sozinho do seu bairro e é o único que acorda cantando e dizendo bom dia, até nas piores segundas-feiras. Ele ama as segundas-feiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário