00:01

Sei Tudo


Sei tudo sobre amor, sobre química, física, sei tudo sobre a noite. Sei sobre o passado, história, saudade e sei também sobre o tempo. Sei muito mais do que devia, sei além do que você imagina, mas nunca te entendo. Olho nos teus olhos, pergunto e sinto, porém, não te desvendo. Na tua frente perco as minhas graduações, as línguas que aprendi e até o jeito de sorrir - que um dia me disseram ser bonito. O que tenho que estudar para saber de ti? Eu sei apenas que teus olhos são castanhos, e que estes olhos castanhos me tiram o sono e tudo aquilo que pensei saber sobre o amor. De que adiantam as escolas e faculdades; de que adiantam os livros, os filmes e a aula de inglês; se quaisquer olhos castanhos podem acabar com você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário