02:17

Quem é Você?


Quem é você? Assim, coberto de mentiras, mal consigo ver, e eu costumava te reconhecer de longe. Não que você tenha mudado, o mundo que não fica parado e balança o que mora dentro de nós, e dentro de nós é aonde fica a verdade. Eu sei que a verdade às vezes é uma droga, que ela não é cantada nas músicas e nem citada em conselhos. Mas, olha pra ti, encara o espelho e parte ele ao meio, poupe-o dessa vida pobre de julgar entre bonito e feio, sem saber reconhecer o que é verdadeiro. A tristeza, a despedida, o amor que foi embora, o amor que não era amor, as contas não pagas e o trabalho chato fazem parte da verdade, é o que flutua entre as gargalhadas, é a resposta que o espelho não saberá lhe entregar, "Quem é você?". Se a tristeza é a tua verdade permita-se sofrer, pois quem chorou no nascimento, faz o mesmo ao renascer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário