16:52

Tempo


Pedi pro tempo me ajudar, ele começou a rir e me ofereceu uma bebida, disse que chorar faz parte da fração de segundo que antecipa a vida, é esquecendo que vamos vivendo. Contou que esquecer não é obra do tempo, mas da disposição de sair de casa numa noite chuvosa e descobrir que o novo amor ainda está lá fora, a gente só não sabe o nome, endereço e telefone, a gente só não sabe onde. "- E o divertido", o tempo disse sorrindo: "O divertido é o que acontece enquanto você procura, se não encontrar coloque os olhos na lua, sem piscar, e lembra que a noite só tua. Isso, meu amigo, amor nenhum pode roubar".

Nenhum comentário:

Postar um comentário