10:18

Tamanho


Quero um amor que eu caiba, saca? Não precisa ser gigante, só precisa ter o meu tamanho, ou o tamanho destes que funcionam, destas pessoas que amam tão bonito que parece que foram feitas uma no encaixe da outra, ou mandaram fazer, pois não é possível, é cada amor lindo. E eu, hora sou grande demais, hora sou pequeno, é sempre fora daquilo que entrego, quando penso que encontrei ele me aperta nas pontas ou me solta nos passos, e eu não me encaixo, sirvo somente para o embaraço de gente como eu, de tamanhos impossíveis, mas que ainda insistem, pois descobrem no amor dos amigos que se encontraram uma esperança, mesmo que pequena e tola, mesmo que seja igual à que me fez acreditar em nós dois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário