04:26

Hoje


Se você não se entregar hoje, amanhã pode ser tarde demais. Amanhã pode não ter resquício de amor. Amanhã esse sentimento que tá aí dentro de você pode se transformar em fuga, medo ou vontade de ir embora. Então aproveita esse momento-presente, que está passando diante de você e abraça ele. Promete pra si mesma que você não vai deixar passar essa pessoa que apareceu do nada, quando você menos esperava. Porque são essas pessoas que no final das contas faz do nosso corpo um caminho, e da nossa história uma conversa boa pra contar.
Deixa o amanhã morar no amanhã. Eu sei que o medo às vezes tenta afugentar você antes de dormir, e que você pensa duas, três vezes se vale a pena se abrir assim, e se permitir ser vulnerável. Faz tanto tempo que você decidiu não se doar de novo, mas faz tempo também que você não sente essa adrenalina que bate no peito. Eu sei dessa sensação que mora em você quando ela te liga, quando ele olha fundo nos seus olhos, quando vocês dois estão entregues à paixão. E é bom. Tão bom.
Então só por hoje, e quem sabe amanhã também, e semana que vem, quem sabe durante esse ano? Não importa. Importa enquanto dura, enquanto o coração palpita e a respiração fica acelerada. Importa isso que você tá sentindo aí dentro e que às vezes faz você querer correr pra ver se esse friozinho vai embora. Mas esse friozinho passando por você é sinal de que ainda há muita coisa pra acontecer. Que a vida apronta pra gente, porque é isso que é, sobretudo, viver. A gente vai ser ferido, vamos tentar nos esconder e preservar a nossa fragilidade, e, enfim, encontrar o amor, o amar, em alguém, e em nós.

Viva hoje todo esse amor que está tomando conta de você. E o amor você deixa pro amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário