12:59

Afronta


Sempre foi uma afronta minha querer te pedir alguma coisa, como se eu tivesse sendo ingrata por achar qê tudo o qê vcê me oferecia não era suficiente. Nunca ache qê eu não posso ser mais feliz, prqê longe de vcê eu descobri qê aquilo não era nem 1/3 do qê eu podiia ainda ser. Eu nunca fui ingrata, todas as vezes qê eu parti é prqê eu sempre acreditei qê eu não podiia me sujeitar a uma situação qê me sufocasse. Nenhum amor seria maior do qê o meu desejo de voar. Nada seria mais satisfatório do qê deitar todo diia com a cabeça no travesseiro me sentindo tranquila. Eu não podiia me forçar a uma situação qê me fizesse sentir como se eu estivesse errada a todo momento. Uma situação em qê ser eu mesma não era suficiente. E prqê me doar tanto à pessoa qê não fazem o mínimo pra me fazer feliz!? (...) Eu sempre vou ser aquela romântica sonhadora qê acredita qê existe alguém perfeito pra miim. Sei qê nada é perfeito, mas se não for pra ser pelo menos perto, desculpa, mas eu não quero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário