- 14:21 ❞

Carta Para os Meus E'xs


Eu poderia utilizar um milhão de linhas pra descrever a nossa história, mas eu não vou fazer isso. Hoje eu quero falar de coisas boas, de tudo qê vcê me fez de bom. Eu aprendi com vcê qê o amor vai aparecer qnd a gente menos esperar, pela pessoa qê for mais improvável. Vcê me ensinou a nunca desistir de alguém qê a gente ama, me ensinou a dar valor aos momentos, prqê eles passam & as pessoas também. Vcê foi o meu primeiro amor de verdade & eu lembro, perfeitamente, da sensação de borboletas no estômago toda vez qê eu chegava perto de vcê. Eu não sei dizer se no começo era ódio ou se sempre foi amor. Só sei qê era forte. Meu amor era forte & minha raiva também. Eu tinha raiva por não conseguir te esquecer & por não conseguir ficar com vcê, prqê, de fato, eu não acreditava qê fosse dar certo. Vcê fez com qê cada cara qê passou na minha vida fosse substituível, prqê nenhum deles era vcê. Eu te amei por exatamente 12 anos. Entre uma paixão & outra, eu te amei. E isso me fez ver o qto era bom amar alguém, mesmo não sendo correspondida. Hoje eu te desejo toda felicidade desse mundo, eu quero qê vcê seja feliz de verdade, prqê hoje eu entendo o prqê não era pra ser. A culpa não era do nosso amor ser pequeno, prqê não era. Nem era minha ou sua, ou das coisas qê fizemos. A gente sempre teve sonhos diferentes, trilhamos caminhos diferentes & no meio desse caminho a gente se cruzou. Foi avassalador, eu confesso. Mas era puro, era ingênuo & era verdadeiro. E isso me faz feliz. Eu não sinto culpa, prqê hoje eu entendo qê eu não podiia fazer mais do qê aquilo. Eu podiia dizer qê a gente se encontrou no momento errado, mas acredito qê se não fosse naquele momento, não ia ser tão intenso. Eu agradeço a Deus, por ter te conhecido. Tudo qê a gente viveu foi um presente pra miim, eu precisava viver aquelas coisas, eu precisava aprender tudo aquilo. Não tô te santificando, como se vcê estivesse certo, prqê nós dois erramos mto, mas eu acredito qê a gente fez o nosso melhor.

Para JSM

Nenhum comentário:

Postar um comentário