13:38

Carta Para os Meus Ex's


Quando eu lembrar de vcê eu queria lembrar apenas das coisas boas, mas eu não consigo. Vcê foi o meu primeiro namorado sério, meu primeiro homem, meu primeiro 'Eu Te Amo', mas nem isso me marcou tão forte qto todas as vezes qê vcê me fazia chorar. Nada me marcou mais do qê todas as vezes qê vcê me fez com qê eu me sentisse errada, sendo qê eu nem sabia prqê tava errada, prqê no fundo eu nem tava. Nada me marcou mais do qê as vezes qê vcê me cobrou ciúmes de coisas qê os outros faziam ou qê vcê achava qê faziam. Nada me marcou mais do qê todos os meus aniversários em qê vcê simplesmente sumiu sem me dar notícias. Nada me marcou mais do qê todas as vezes qê vcê me fez acreditar em coisas qê nunca aconteceriam, nos shows qê a gente marcou de ir, dos cinemas, das festas & nada aconteceu. Eu queria não lembrar das vezes qê vcê me prendeu a força pra eu não ir embora. Eu queria não lembrar de qnd eu agia como uma louca, prqê vcê despertava esse lado irracional em miim. Perto de vcê eu me transformava na pior forma qê eu poderia ser. Eu achava qê era felicidade, mas não era, nenhum sorriso meu era pleno de felicidade, era sempre momentâneo. E, quer saber!? Nada de bom qê vcê fez naquela época foi suficiente pra apagar ou amenizar esses momentos ruins. Vcê cortou minhas asas, vcê me ofuscou, vcê apagou quem eu era pra eu poder ser quem vcê queria qê eu fosse. E isso me fez mal, isso me destruiu por dentro, isso me fez desacreditar de todo amor no mundo, me fez desacreditar de toda felicidade qê existia. E te deixar foi a melhor coisa qê eu fiz em toda a minha vida. De tudo qê eu duvidava, se devia ir embora ou não, essa vez foi a única qê eu tive total certeza de qê eu deveria realmente ir. Eu me libertei. Eu abri as minhas asas & voei, pra nunca mais. Pra nunca mais pousar em vcê outra vez. E isso, me fez plena.

Para TH

Nenhum comentário:

Postar um comentário