15:20

Carta Para os Meus Ex's


Eu sei qê desde qê a gente se conheceu qê vcê ficou afim de miim, mas mesmo eu sabendo vcê se tornou meu amigo, uma pessoa qê eu gostava de passar hrs & hrs conversando, jogando conversa fora. A gente se entendia mto bem, vcê era safado na medida certa & isso despertava esse lado em miim. A gente se entendia nas brincadeiras de rimas, nas madrugadas sem dormir & em tudo qê a gente gostava tanto. Eu lembro qê a gente tinha uma rádio qê praticamente tocava umas três músicas só. Lembro do show de Nx Zero qê eu implorei pra minha mãe me levar, só prqê eu queria te ver. Lembro do primeiro diia qê a gente se conheceu no shopping, qê eu tava mto afim de ficar com vcê, mas o destino não cooperou. Eu fui me apaixonando gradativamente, aos poucos & sem perceber. Eu fui me apaixonando pelo teu jeito ou pelo nosso jeito juntos. E mesmo vcê morando tão longe, eu fazia questão de atravessar três cidades só pra te ver. Eu queria vcê, mas um diia, do nada, vcê teve uma crise de ciúmes. Não tinha motivos, ele era meu amigo & vcê sempre soube qê eu gostava de vcê. Mas, é como se vcê quisesse acreditar nisso. Vcê foi & pediu pra namorar com ela, tudo bem. Mas aquela desculpa de 'eu me arrependo, mas agora eu não posso mais acabar' ou de 'me espera qê eu vou ficar com vcê'. Aquilo não ia colar pra miim. Eu tinha pressa, eu tinha vontade de viver & vcê se tornou um escroto depois disso. Qnd vcê realmente voltou pra miim eu disse qê não queria mais & nem foi por raiva ou vingança. Eu realmente não ligava mais, vcê foi se tornando insignificante, desnecessário. Nunca quis menosprezar a pessoa qê vcê foi pra miim, mas eu realmente não me sentia mais da mesma forma. Não vou me desculpar, eu não tava errada. Era um risco. Um risco qê vcê decidiu correr. E eu deixei ser assim.

Para NB

Nenhum comentário:

Postar um comentário