00:05

Distância


Tem Paris? Tem. E quando eu puder te levo em Veneza também, ou qualquer um desses lugares distantes, pois parece que distância tem a ver com romantismo, quanto mais longe tudo é mais bonito. Mas acho muito difícil que ganhe da nossa caminhada no sábado de manhã até a padaria, a mesma padaria de todos os últimos sábados que passamos juntos. É complicado trocar qualquer jantar em Nova York pelo nosso café. Você queijo branco, eu presunto e queijo. Muitos vão dizer que é pouco, mas pra mim é quase tudo, só falta chegar o café. "Senhor, expresso ou no coador?", sempre penso que tanto faz, desde que seja contigo. Quando a poesia acaba, eu digo, "No coador, por favor".

Nenhum comentário:

Postar um comentário