15:50

Carta Para os Meus Amigos


Eu nem lembro exatamente do momento em qê a gente se conheceu. Naquela época eu conversava com um monte de gente pela internet, mas o tempo ia passando, a galera ia sumindo & a gente cada vez mais ia se aproximando. Vcê não sabe, mas em um dos momentos mais difíceis q6e eu passei era vcê qê tava lá. Era vcê qê me dava força pra recomeçar em outro diia, era esperando o final de semana qê eu conseguia passar por aquelas semanas insuportáveis. Era desabafando com vcê qê eu tirava toda o peço das minhas costas. E eu te amei, da forma mais pura & especial qê eu podia amar alguém. Desculpa se eu te iludi, se eu te magoei, eu não sabia ao certo o qê era o amor, eu nunca tinha tido ninguém, eu não sabia de nada. Mas eu queria falar com vcê toda hra, eu queria conviver com vcê, te contar as minhas coisas. E era essa carinha tão especial qê me fazia feliz, completa, plena. E vcê arrumou alguém & se afastou de miim. Como qê eu ia conseguir seguir em frente!? Como meus diias iam ser completos sem vcê!? O qê eu ia fazer com todo aquele sentimento dentro de miim. Mas a gente voltou, a gente sempre voltava um pro outro, neah!? Mas vcê me cobrava como se eu tivesse obrigação de te prometer ficar com vcê. Eu só queria te conhecer pessoalmente, pra gente ficar juntinhos, sendo a gente. Eu te amava demais & eu nunca soube dar essas certezas assim. E foi assim qê vcê se tornou igual a todos os outros caras por aí. Onde foi qê a nossa maturidade interferiu naquele sentimento lindo qê a gente tinha!? Onde foi qê os compromissos do diia-a-diia nos impediu de dar apenas um oi!? Onde foi qê nos tornamos estranhos!? Vcê ainda está lá & eu ainda estou akê, mas onde está a gente!? Onde está aqueles dois adolescentes qê só queria fazer 18 anos pra poder viajar & se conhecer!? Eu ainda vou te amar com a mesma intensidade de antes, eu ainda vou chorar toda vez qê eu lembrar de vcê. Vcê sempre vai ser aquele mesmo garoto qê eu tinha vergonha de mostrar uma foto ou mandar um áudio. Eu ainda vou te amar com cada célula do meu ser. E eu prometo, eu ainda vou te ver pessoalmente.

Para WRB

Nenhum comentário:

Postar um comentário