19:40

Pode Ir


Pode ir, mas vai inteira. Não olha pra trás, pode ir. Não deixa nem um par de meias. Vai, e vai porque quer, não vou pedir pra ficar. Tô torcendo por você, mas vai. Não deixa nada aqui. Olha lá a sua coragem jogada na sala, leva também, você vai precisar. Não deixa esperança e ilusão nenhuma aqui pra mim, eu não quero. Enche uma caixa com as tuas vontades e vê se não ficou nada embaixo da cama. É melhor você ir, vai se atrasar. Não importa se você não tem certeza que quer ir, se decidiu ir, essa é a sua certeza agora. Vou fazer o que com as tuas dúvidas? Não, deixa aqui, não leva nada de mim, nada de nós. Quanto menos peso você carregar melhor, mais vai caber em ti quando chegar lá. Tchau. Ok, se quer tanto deixar algo, deixa o seu abraço ali no canto, atrás da porta, vou usar assim que você for embora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário