14:50

Eu Não Te Amo Mais


Eu não te amo mais. É isso, eu não te amo. E assim como eu não sabia o que fazer com o meu amor por você, agora, não sei o que fazer com a ausência dele. Estou sentindo falta de sentir tua falta, e sinto muita saudade daquilo que pareço não sentir mais. Tudo me ocupou tanto o corpo que quando sumiu me senti sem equilíbrio, entrelaçando as pernas, brigando com a gravidade. Estou vazio de você. Preciso que o dia amanheça mais cedo, com toda urgência que uma vida vazia precisa, preciso acordar de novo e descobrir do que sou feito, pois sempre achei que eu fosse feito de saudade, mas não sou. Sou algo que não sei, mas do vazio eu sei duas coisas: é uma casa sem ninguém e uma casa sem ninguém é um lugar que pode ser ocupado novamente. Hoje, eu vou abrir uma porta; amanhã, algumas janelas; até sábado já terei arrancado os telhados. Já consigo sentir o vento. Estará escrito na porta de casa: ausência do amor também é liberdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário