- 15:26 ❞

Carta Para os Meus Amigos


A gente nunca se deu mto bem no começo. Vcê me viu pela primeira vez & ficou o diia inteiro grudada em miim, mas isso me irritava mto. A gente brigava prqê vcê queria sair com a gente & a gente te achava mto criança. Foram mtos anos de convivência, eu aprendi a te amar, como uma irmã, qê briga, qê educa, qê se decepciona, mas qê o sentimento & o cuidado não muda nunca. Qnd sua irmã parou de falar cmg a gente se aproximou mto mais, eu era seu ponto de fuga, qnd vcê ficava de castigo & não podia usar internet vcê gazeava aula pra ficar na net akê em casa, qnd vcê queria sair com seus amigos ou conhecer os gatinhos, era eu qê te levava. Seu primeiro show foi cmg, seu primeiro namorado foi pra miim qê vcê apresentou, foi cmg qê vcê saiu escondido a primeira vez. A gente tinha um cumplicidade sem fim, a gente só queria ficar juntas, ser felizes juntas & compartilhar as alegrias. Mas toda vez qê vcê tinha qê ficar com raiva de alguém era de miim qê vcê ficava, mesmo qnd eu não tinha culpa. Vcê dava mais valor pras pessoas novas, pro seus relacionamentos, como se todos os anos qê a gente se conhecia não valessem nada. Como se tudo qê a nossa amizade amadureceu & se fortaleceu nesse tempo todo na valesse nada. Eu não entendia como um amor tão grande como o nosso podia ser tão egoísta, tão vulnerável. E, talvez, essa tenha sido a coisa mais difícil qê eu tive qê fazer, mas eu tive qê te deixar ir. Vcê não se importou em me fazer participar da sua nova vida, mas mesmo assim meu sentimento por vcê nunca mudou, nem diminuiu. Vcê vai ser sempre a minha irmã, aquela menininha qê eu queria abraçar & apagar toda a sua dor. Mesmo afastadas, mesmo num diia-a-diia tão distante, eu ainda vejo a mesma menina qê me cativava tanto. A mesma menina louca qê queria abraçar o mundo inteiro de uma vez só. Vcê sempre vai ser a minha pequena & ninguém vai mudar isso. Prqê eu ainda sou eu, sem vcê, mas ainda sou eu.

Para YC²

Nenhum comentário:

Postar um comentário