21:22

Metrô


Desafio você a andar de metrô em São Paulo por alguns dias e não se apaixonar um bocado de vezes. Pode ser também uma caminhada pela Avenida Paulista no começo da noite, bem na hora que tem um monte de gente querendo sair dali e um outro tanto querendo ficar. Bom, se não acontecer com você, o meu coração que é mole demais. É que eu sempre encontro algo pra achar lindo, até quando chove o coração está atento. Aquela ali fica ainda mais bonita segurando o guarda chuva, enquanto a beleza da outra é não segurar guarda-chuva nenhum, vai se molhando com o passo apressado. Até por casais nos apaixonamos, quando a espera pelo ônibus se faz um encontro (que o ônibus demore!). Aqui não tem mar, então o que a gente observa é um ao outro mesmo, e a gente se apaixona, todo dia. Quem não tem uma paixão sem nome? Aquela que a gente só sabe que trabalha por aqui, mora por ali, desce nesse ponto..

Nenhum comentário:

Postar um comentário