- 23:21 ❞

Metrô


Hoje, andando pela Avenida Paulista, notei que em frente a toda estação de metrô havia sempre duas pessoas se despedindo, a maior parte delas tentava ali, na despedida, o primeiro beijo. Provavelmente passaram a última hora juntos num bar ou café tentando arrancar alguma risada ou descobrir um ponto fraco, sabendo que o momento na porta do metrô seria ideal para roubar um beijo. Muitas dessas pessoas conseguiram, o que as farão gastar mais tempo na entrada da estação do que no bar, como eu já disse, "a demora do tchau é equivalente ao quanto a pessoa quer ficar". As que não tiveram tanta sorte, voltaram para casa para escrever poesia, sobre percorrer uma avenida assistindo despedidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário