21:19

Sua


Ela: Não quero ser sua, mas tô aqui, saca?
Ele: Não entendi. Queria que você fosse minha.
Ela: Mas se eu for sua eu vou deixar de ser a garota que você se apaixonou, deixa eu ser o que eu sou.
Ele: Deixo. Mas eu sou teu?
Ela: Claro que é, desde o começo.
Ele: Não é injusto?
Ela: O amor é feito de injustiças, Bruno. E no intervalo delas, é que vem o carinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário