12:29

Terça-feira


Sempre ferrado e sem grana, simplesmente não consigo guardar dinheiro para um futuro que não sei se existe. O hoje está nas minhas mãos e é fácil querer viver naquilo que piso, as nuvens me parecem verdadeiras assim, com sonhos pequenos e realizados, um sorriso para cada plástico bolha estourado. E eu me estouro junto nessa história de viver a vida toda num dia, mas é o que cabe em mim. Tento ser diferente e o diferente foge na primeira terça-feira em que me vê saindo pra dançar, como se houvesse dias certos para se divertir, não é por acaso que as sextas são para os amadores, os mesmos que tem um cartaz na parede da sala dizendo "...estude enquanto eles se divertem, persista enquanto eles descansam...". Opa, se puder escolher fico com a turma do "se diverte e descansa". Me falta ambição, eu sei, mas seguirei sendo irresponsavelmente feliz, gastando quando não devo e amando quando não posso. Você não vai entender, é uma confusão quando os defeitos ficam na mesma coluna das qualidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário