HomeTracy EmmyBlogPortfólioEsmaltesSériesEu Quero

Said & Nikita

- 00:19 ❞

Devido a toda aquela chuva, meus amores vieram dormir akê cmg {Said & Nikita }. Mas só tirei foto de Said, prqê qnd Nikita chegou eu já tava pronta pra dormir. E num é qê eles passaram a noite todinha akê!
Bgs.

Coração Vazio

- 23:16 ❞

Hoje decidi que estou prestes a assumir meu coração vazio. Não decidi isso movida por uma grande coragem ou por um momento de iluminação. Nada grandioso aconteceu. Apenas sinto que dei um pequeno, quase imperceptível, passo para uma vida mais madura. Eu simplesmente não suporto mais pintar o céu de cor-de-rosa para achar que vale a pena sair da cama.

O Teto Caiu

- 22:46 ❞

O teto da cozinha dakê de casa caiu. Na verdade, não foi o teto, foi o PVC, prqê a bica qê o pedreiro tinha ajeitado vazou água pra cima do PVC {onde já tinha uma goteira} & acho qê ele não aguentou o peso & cedeu. A casa ficou cheia de água {não tirei foto}, mas alguns móveis não aguentaram & ficaram fofos, mas uma mesa de canto na cozinha não sobreviveu {também não tirei foto}. Mas também foi mta chuva, mto trovão & relâmpago. Fiquei com mto medo!
Bgs.

Sapato

- 17:21 ❞

Não tô conseguindo nem encontrar meu sapato, imagina um novo amor... Nem perco meu tempo.

Said

- 16:48 ❞
Hoje meu bebê dormiu quase a tarde todinha akê na minha cama, até se aconchegou pra dormir pertinho do meu pé. Dei tanto xêro {não tanto qto queria}, mas ele tava mto gostoso. Ai, ai, ai!
Bgs.

Harry Potter e o Enigma do Príncipe

- 04:08 ❞
• Título Original: Harry Potter and the Half-Blood Prince
• Autor: J. K. Rowling
• Lançamento: 26 de novembro de 2005
• Editora: Rocco
• Gênero: Fantasia
• Páginas: 512 páginas

Harry Potter e o enigma do príncipe dá continuidade à saga do jovem bruxo Harry Potter a partir do ponto em que o livro anterior parou - o momento em que fica provado que o poder de Voldemort e dos Comensais da Morte, seus seguidores, cresce mais a cada dia, em meio à batalha entre o bem e o mal. A onda de terror provocada pelo Lorde das Trevas estaria afetando, até mesmo, o mundo dos trouxas (não-bruxos), e sendo agravada pela ação dos dementadores, criaturas mágicas aterrorizantes que 'sugam' a esperança e a felicidade das pessoas. Harry, que acabou de completar 16 anos, parte rumo ao sexto ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, animado e ao mesmo tempo apreensivo com a perspectiva de ter aulas particulares com o professor Dumbledore, o diretor da escola e o bruxo mais respeitado em toda comunidade mágica. Harry, longe de ser aquele menino magricela que vivia no quarto debaixo da escada na casa dos tios trouxas, é um dos principais nomes entre aqueles que lutam contra Voldemort, e se vê cada vez mais isolado à medida que os rumores de que ele é O Eleito - o único capaz de derrotar o Lorde das Trevas, se espalham pelo mundo dos bruxos. Dois atentados contra a vida de estudantes, a certeza de Harry quanto ao envolvimento de Draco Malfoy com os Comensais da Morte e o comportamento de Snape, suspeito como sempre, adicionam ainda mais tensão ao já inquietante período. Apesar de tudo isso, Harry e os amigos são adolescentes típicos - dividem tarefas escolares e dormitórios bagunçados, correm das aulas para os treinos de quadribol, e namoram.

Esse livro é o começo do fim, é onde a gente começa a entender o qê realmente tá acontecendo & o qê precisa ser feito pra ter um fim. Nesse livro também temos os romances, apesar de Rony não admitir & Hermione já admitiu o qê Harry já havia percebido, o sentimento entre eles. E Harry começa a se apaixonar por Gina, acho qê Gina trás pra ele aquela sensação de família, aquela sensação de ser ele mesmo & de ela não se importar com isso. Nesse livro também a gente tem a confirmação do qê sempre foi esperado por Harry desde o começo da saga: Snape é do mal. E, por fim, temos a morte de Dumbledore qê pra miim foi bem difícil, prqê ele não deixou as coisas tão claras assim pro Harry & eu pensei qê seria bem impossível dele encontrar as Horcrux, mas como é um livro, sempre vai dar certo no final.

Medo

- 02:22 ❞

Eu sempre tive medo de não dar certo & por isso sempre ia embora cedo, comprovando qê não deu certo mesmo.

De Verdade

- 22:01 ❞

E no meio dessa merda toda, de vez em quando, aparece alguém de verdade.

WiFi Ralph: Quebrando a Internet

- 02:38 ❞
• Título Original: Ralph Breaks the Internet
• Lançamento: 3 de janeiro de 2019
• Dirigido por: Rich Moore, Phil Johnston
• Gêneros: Animação, Aventura, Comédia, Família, Fantasia
• Nacionalidade: EUA

Em WiFi Ralph, o mais famoso vilão dos videogames, Ralph, e Vanellope, sua companheira atrapalhada, iniciam mais uma arriscada aventura. Após a gloriosa vitória no Fliperama Litwak, a dupla viaja para a world wide web, no universo expansivo e desconhecido da internet. Dessa vez, a missão é achar uma peça reserva para salvar o videogame Corrida Doce, de Vanellope. Para isso, eles contam com a ajuda dos "cidadãos da Internet" e de Yess, a alma por trás do "Buzzztube", um famoso website que dita tendências.

O filme é mto legal, me lembrou mto o filme Emoji, mas esse eles andam pela internet. A Vanélope & o Ralph são uns amores, mas não esperava o final do filme.

Não Me Peça

- 21:08 ❞

Não me peça uma poesia. Não me peça amor. Não peça que eu lembre do que rolou entre a gente, não é assim que funciona, não peça. Não te pedi nenhum carinho na cabeça e nenhuma mensagem de madrugada, mas eu espero por elas. Não vou escrever sobre você, não desse jeito. Eu escrevo quando eu não quero, e de tanto não querer é a única coisa que eu consigo fazer. Gostar é igual, não tem outro caminho, então não peça. Pedir é perda de tempo. A gente faz sem saber mesmo, uma obrigação do corpo. Se eu tivesse essa opção, não teria sido você, jamais teria sido você. Então não peça, pois você não precisa, eu não preciso, o amor não precisa. Eu gosto, nunca tive escolha.

Gossip Girl

- 02:45 ❞

Hoje me bateu uma saudade do meu seriado preferido. Tô revendo tudo, às vezes, paro & fico um tempão sem ver, mas sempre qê bate uma saudade eu volto.
Bgs.

Instagram da Semana ~ 358

- 23:59 ❞


A melhor coisa da minha quarentena.




Toda bonequinha na quarentena!




Essa quarentena ainda vai me enlouquecer!

Relógio Biológico

- 17:19 ❞
Acordei mto tarde hoje, prqê tive insônia & não consegui dormir. Qnd fui dormir já era uma 9h da manhã. Essa quarentena vai bagunçar todo o meu relógio biológico, qê já não é lá essas coisas.
Bgs.

Decoração do Meu Quarto

- 01:59 ❞

Hoje, definitivamente, eu percebi qê enjoei da cor do meu quarto {acho qê é culpa da quarentena. KKK'} Então, eu decidi qê pintaria meu quarto de cinza com rosa {ou rosa clarinho}, cinza com rosa sempre foi a ideia central do quarto, mas comprei a cor errada. Mas também vou voltar com meu mural de fotos & tô afim de pôr um pisca-pisca em volta dele & também pretendo voltar com minha prateleira de ursinhos {qê minha mãe tanto briga pra eu tirar & eu acabo sempre tirando}. Então, qnd essa quarentena passar, me aguardem!
Bgs.

- 01:12 ❞


Eu te salvaria da própria falta de fé, porque eu acredito em você todos os dias.

Acabou

- 01:08 ❞

Entenda que relações começam e acabam. E só porque acabou não quer dizer que não deu certo. Tudo dá certo até onde tem que dar. Uma pessoa entra na vida da outra para ensinar alguma coisa, para aprender, para crescer. E fica o tempo que tem que ficar.

- Clarissa Corrêa

De Novo

- 01:04 ❞

Eu sei que eu posso ir pra próxima, confesso até que já fui, mas tá difícil desistir de você. Eu sei que você me deu o maior gelo do mundo, e eu juro que sou muito leve com essas coisas, mas caramba!, como é difícil perder essa vontade de ficar com você de novo. Poxa, não sei te explicar, eu mesmo não consigo entender, mas já é o terceiro texto que escrevo sobre você, e isso com certeza tem algum significado. Tá, a gente nem se conhece direito, e a coisa mais fácil do mundo é se encantar por alguém que a gente não conhece. Eu só queria repetir aquela noite, do jeito que foi, simples como foi e se possível, com as mesmas músicas. Você conseguiu, me transformou num chato, mas não vou ficar me culpando, qualquer um que visse esse teu sorriso uma vez iria me dar razão. Eu queria de novo, só mais uma vez. E depois de novo, só mais uma vez.

Eu Mesmo

- 01:00 ❞

As coisas não deram muito certo, muito porque durante todo o nosso relacionamento de onze dias eu fui, você sabe, Eu Mesmo, e isso seria ótimo, se eu fosse outra pessoa, um alguém legal, paciente e carinhoso; e não essa criatura distante, inquieta, descompromissada e com esse dom natural de sempre cagar com tudo.

- Gabito Nunes

Detona Ralph

- 23:40 ❞
• Título Original: Wreck-It Ralph
• Lançamento: 4 de janeiro de 2016
• Dirigido por: Rich Moore
• Gêneros: Animação, Aventura, Comédia, Família, Fantasia
• Nacionalidade: EUA

Ralph é o vilão de Conserta Félix Jr., um popular jogo de fliperama que está completando 30 anos. Apesar de cumprir suas tarefas à perfeição, Ralph gostaria de receber uma atenção maior de Felix Jr. e os demais habitantes do jogo, que nunca o convidam para festas e nem mesmo o tratam bem. Para provar que merece tamanha atenção, ele promete que voltará ao jogo com uma medalha de herói no peito, no intuito de mostrar seu valor. É o início da peregrinação de Ralph por outros jogos, em busca de um meio de obter sua sonhada medalha.

O filme é tão fofinho, tão perfeitinho qê eu nem sei explicar. Tem um enredo super diferente & é bem empolgante, além de ser lindo o joguinho Vanélope. Estou bem ansiosa pra ver o dois!

Escovo os Dentes

- 02:58 ❞

Antes de escrever eu escovo os dentes, não tenho certeza do motivo nem acho que qualquer ritual necessite de uma explicação. Não beijo as palavras e tão pouco elas gostariam de ser beijadas, mas é melhor estar pronto, evita ser pego de surpresa, cansei de encontrar a pessoa mais incrível do bairro no momento em que estou de pijamas passeando com o cachorro (antes de passear com o cachorro também escovo os dentes). Embalado pelo sabor de menta na boca começo a escrever sobre nós dois, assim, como tem sido nos últimos anos, nunca juntos: ou escrevo sobre você ou escrevo sobre mim. Hoje, parece ser a minha vez. Sentado em frente ao computador tento pensar na pessoa mais incrível do bairro, na minha família, nos amigos e até num passado que vem antes da nossa história, mas você sempre tenta roubar o meu dia, invadindo as palavras. Quando acho que estou falando sobre mim, estou na verdade contando sobre a sua ausência e, paro, me entrego, faço outra coisa. Vou aproveitar que escovei os dentes para passear com o cachorro.

Baixinho

- 00:30 ❞

Vou falando baixinho para me certificar de que todos os meus neurônios me escutem, para que nenhuma outra poluição sonora atrapalhe o andamento da minha memória te esquecendo, para que o mundo não roube o meu direito de te expelir do meu corpo, das minhas células, de um Eu que já foi tocado e penetrado por você: "Você é a última vez que faço isso, você é a última vez que faço isso, você é a última vez que faço isso".

Imagem

- 00:30 ❞

Quinze segundos de uma imagem de pouco movimento: a mão protegendo dos raios solares somente meio rosto, os olhos estão na sombra enquanto a boca brilha, queimando. Você sorri. Impossível saber a quantos quilômetros daqui e quantos sorrisos nos acompanharam nesse momento de surrealidade. Por prudência, me desliguei, fui fazer coisas da vida, o que ainda se faz fora do celular: lavei a louça e estendi a roupa. Não foi uma fuga por medo, não acho que me apaixonaria por uma imagem, mas acredite, os segundos se passavam e o sol a mim também queimava. Senti calor. Fugi. Como se fosse possível escapar de um pensamento. Sentado no chão revivendo o seu pequeno vídeo que sorria, notei que as roupas já haviam secado. Não sei dizer quanto tempo se passara entre o momento em que a luz me apresentou o seu sorriso e o instante em que as camisas secaram, mas foi como se, nessa tarde, o Sol resolvesse trabalhar apenas para mim.

Instagram da Semana ~ 357

- 23:59 ❞


Se tem um produtinho qê eu amo é essa Cobertura Intensificadora da Cor da @esmaltecolorama. Além de deixar um brilho incrível, ainda faz com qê o esmalte seque bem rápido & a esmaltação chega a durar 15 dias na unha. Não vivo mais sem, já virou meu queridinho!




Ela não tá neutrinha não, né!? #MarromMutanteColorama

Marrom Mutante ~ Colorama




Eu tô de quarentena, mas não tô morta!

Imprimir

- 00:29 ❞

Eu vou beijando cada pedaço ao alcance dos meus lábios, inspirado, pode ser a última vez. As coxas, a virilha, o umbigo, os seios, as axilas, a boca. A boca. Principalmente a boca. Como se eu quisesse imprimir à tinta as digitais dos meus lábios nos dela, para que ela nunca mais pudesse negar que eu estive por ali.

- Gabito Nunes

Carta Para os Meus Amigos

- 19:30 ❞

Vcê não era meu amigo. Vcê era amigo da minha melhor amiga & eu acho qê vcês nutriam um sentimento, um desejo, mas nunca rolou nada entre vcês. Um dia, ela simplesmente parou de falar com vcê. E foi aí qê a gente foi se aproximando, vcê sempre foi um cara legal, atencioso e divertido. Mas sempre foi aquele cara qê achava qê por ser feio tinha qê atirar pra tudo qto era lada, prqê o qê caísse na rede era peixe. Um dia eu fui pro shopping pra ir no cinema e como eu ia chegar mto cedo, vcê disse qê ia me fazer companhia. Tudo bem, a gente ia se conhecer e tudo ia ficar bem. Mas ao mesmo tempo qê vcê era legal e sua companhia era boa, vcê enchia o saco, prqê em qualquer vacilo qê eu dava vcê tentava me beijar, como se eu fosse ficar com vcê por causa de um descuido. Como se o fato de vcê ser insistente fosse me deixar caidinha por vcê. Eu sempre deixei claro qê a gente não ia passar de amigos e como vcê nunca entendeu, foi por isso qê nossa amizade se foi. A gente ainda se viu outras poucas vezes, a gente ainda se falou, mas eu não lembro exatamente qnd foi qê nos afastamos. Acho qê foi depois qê vcê começou a namorar. E eu comecei a entender qê vcê só se relacionava com mulheres se, pra vcê, pudesse rolar alguma coisa.

Para CL

Com Você

- 00:29 ❞

Você precisa
ter vontade de passar
o resto da vida
antes de tudo
com você.

Se Não For

- 20:23 ❞

Se não for por amor, vai ser por diversão. Se não for por amor, vai ser por tesão; por sorte, por bem, por alguém; vai ser por não ter nada melhor a fazer. Se não for por amor, vai ser por medo. Se não for por amor, vai ser por desejo; por querer, por companhia, por mania. Se não for por amor, não importa. Se não for por amor, sem pressa, pois ele começa, nas besteiras que a gente faz. Se não for por amor, tudo bem, pois também é preciso viver a vida pequena, as coisas sem razão. Pode rir, sem motivo. Pode beijar, sem amar. Se não for por amor, que valha a pena.

#MeChamaDeBruna ~ 4ª Temporada

- 19:53 ❞
Raquel (Maria Bopp) é uma jovem de classe média que decide virar garota de programa, adotando o apelido "Bruna Surfistinha". Stella, uma cafetina experiente, abriga a jovem em sua casa, onde ela não demora para se sobressair e gerar inveja nas colegas Georgette (Stella Rabelo), Mônica (Luciana Paes) e Jéssica (Nash Laila). Descobre no novo trabalho uma soma de vocação e prazer, virando a favorita da clientela. Mas nem tudo são flores, pois ela é confrontada com a dura realidade do ramo da prostituição: meninas que precisam trabalhar desde cedo pra sustentar a família, clientes agressivos que objetificam as acompanhantes, e sua família, que não se conforma com a profissão da moça. Além de tudo ela precisa lidar com Nancy (Suzana Kruger), a assistente de Stella, tem inveja de Bruna e acha que a nova contratada tem segundas intenções. Bruna supera todos esses desafios, se fortalecendo a cada obstáculo superado e se tornando mais e mais satisfeita com o lugar que ocupa. Em pouco tempo ela se torna a prostituta mais requisitada de São Paulo.

A temporada começa a se distanciar da história real da Bruna Surfistinha. A Bruna passa por mtas coisas ruins & essa história de ser prostituta, meio qê começa a se voltar pra ela mesma. O clima fica bem tenso, mas no final tudo se resolve. Eu acho qê essa é a última temporada, prqê mtos personagens tem desfechos. Foi mto boa, quase não conseguia parar de ver.

Casa

- 20:07 ❞

Ficar em casa me fez notar que compro discos demais para quem coloca sempre os mesmos para tocar. Não somente os discos, assisto também uma porção de roupas paradas no armário. Para que tantas se uso sempre a mesma combinação: preto quando estou inseguro e florido quando a pretensão é maior que a lua que cuida da noite. Tudo acompanhado do mesmo jeans, uma calça acostumada a assistir as vitórias e derrotas de uma vida que faz o possível para entregar novidades, enquanto insisto em repetir músicas e vestuário. Também sou viciado em rever filmes e reler livros, como quem repete os sentimentos, decorando falas e versos, sentindo-se confortável em saber o caminho e o fim. Posso passar uma tarde contando a lista dos meus repetecos: vinho, sabor de pizza, marca do sabonete e um amor. Isso, um amor, sempre o mesmo, e não cito o nome e sobrenome pois aqui não há confusão, é um só, tem sido chamado assim faz tempo. Tenho a esperança de que o nome mude ou alguém roube o nome para si, acredito que possa acontecer, ainda que com poucas chances, o que tenho certeza é que será mais fácil surgir um novo amor do que desfazer-me da minha calça favorita.

Abraça

- 23:58 ❞

Abraça minhas partes que nem forma têm, compreende minha poesia que despreza a lógica, sussurra amor quando o mundo grita ódio, faz de mim âncora mesmo que eu seja nômade, me cura quando eu só sei ser doente, junta meus pedaços esquecendo que sou só fragmentos de algo que já foi inteiro. Me salva sabendo que não tenho salvação.

BRABA ~ Luísa Sonza

- 21:03 ❞

Deixa eu te falar
Eu sou do tipo que não dá pra decifrar
O meu balão subiu, não vai aterrissar
Não vou parar
Não vou parar

Sei que todo mundo quer um pedacin
É que a menina faz gostosin
Não dá pra disfarçar
E tá no seu olhar
Se eu comecei, vou terminar

Então, desce
Esfrego na sua cara
Que a menina é braba
E você vai... hã, hã

Desce
Esfrego na sua cara
Que a Luísa é braba
E você vai... hã, hã

Desce
Esfrego na sua cara
Que a menina é braba
E você vai... hã, hã

Desce
Esfrego na sua cara
Que a Luísa é braba
E você vai... hã, hã

Deixa eu te falar
Eu sou do tipo que não dá pra decifrar
O meu balão subiu, não vai aterrissar
Não vou parar
Não vou parar

Sei que todo mundo quer um pedacin
É que a menina faz gostosin
Não dá pra disfarçar
E tá no seu olhar
Se eu comecei, vou terminar

Então, desce
Esfrego na sua cara
Que a menina é braba
E você vai... hã, hã

Desce
Esfrego na sua cara
Que a Luísa é braba
E você vai... hã, hã

Desce
Esfrego na sua cara
Que a menina é braba
E você vai... hã, hã

Desce
Esfrego na sua cara
Que a Luísa é braba
E você vai... hã, hã



Hã, hã



Hã, hã

BRABA ~ Luísa Sonza

Música

- 23:57 ❞

A música tocou e eu gostei, achei melhor ouvir mais uma vez. Ela tocou, eu comecei a ler um livro e não prestei muita atenção, coloquei de novo. Dessa vez eu escutei cada detalhe, até o fim, e dei mais um play. Quando eu percebi haviam se passado seis horas daquele dia e eu só tinha escutado uma música, a mesma música, o tempo todo. Fui pra padaria cantando e voltei assoviando o som do violão. Escutei todas as versões possíveis quando cheguei em casa: ao vivo, acústica e um cover bonitinho de uma garota do Canadá. Não mostrei pra ninguém, era a música repeat do dia, talvez do mês. O que eu gostei nela? Não sei, era tão simples, tão igual as outras e tão curta, mas alguma coisa me prendia. Talvez aquela voz baixinha no fundo durante o refrão, o jeito de prender o cabelo ou o piano da introdução. Pode ter sido a camiseta, a velocidade, o cheiro, a batida no fundo, o abraço... que seja, eu nunca vou encontrar uma explicação. A gente gosta das coisas e nem sabe de onde vem. No fim da noite te mandei a música e você só respondeu, "Ah, não gostei muito". E eu me perguntei mais uma vez como é que eu fui gostar de você. Pode ter sido a camiseta, a velocidade, o cheiro, a batida no fundo, o abraço... que seja, eu nunca vou encontrar uma explicação.

Multidão

- 23:52 ❞

Me esqueci do tom da tua voz, mas ainda lembro como eu estremecia quando você falava no meu pé de ouvido. Esqueci muitas coisas sobre você, mas se um dia eu te encontrar no meio da multidão, vai ser como se a gente nunca tivesse se esquecido.

- Maricarla Gomes

Instagram da Semana ~ 356

- 23:59 ❞


grl pwr.




Make pra uma passeadinha no xopiis!

Cão

- 23:52 ❞

Eu espero carinho tanto quanto você, meu cão. Balanço o rabo do meu jeito, procurando atenção. Mas to longe de demonstrar amor como você, dom esse que nasceu contigo, junto com essa barriga careca. Não se pode ser melhor que você, ser mais atencioso que você, assim, sem esperar nadinha em troca. Eu sei que você aceita um pedaço de carne, mas se não tiver, você vai estar aqui do mesmo jeito, mesmo que eu abra o portão, mesmo que eu não te diga nada. Você é a resposta do amor verdadeiro, entrega o olhar e lambidas simplesmente por prazer, querendo me agradar, pois acredita que de alguma forma eu adoro isso que você faz. Bom, a gente aprende a adorar. Quer colo, entrega colo. E brinca, pra divertir os dois, e não sozinho. A impressão é sempre a mesma, que nascemos juntos, e que você esteve aqui o tempo todo. Me ouve atencioso e entrega a cabeça, querendo demonstrar que tá tudo indo bem - faz carinho aqui. Como se o carinho resolvesse tudo. e sem perceber, ele resolve. Invejo vocês, que conseguem viver sem um cachorro, é coragem demais.

Tava Ali ~ MC Loma e as Gêmeas Lacração & Bevick

- 21:59 ❞

Me diz onde é que você tava?
Tava ali, tava ali
Que não apareceu em casa?
Tava ali, tava ali

A noite inteira só na farra
Tava ali, tava ali
Tá pensando que sou tapada?
Tô falando Tava ali

Toma cuidado, amor
Mulher revoltada pode ser terror
Ontem um contato até me chamou
Na maldade pra me bagunçar

Eu não vou me igualar a você
Mas no bailão eu vou sentar
Sentar, sentar, sentar, tá, tá, sentar
Xiu, ei, olha aqui

Sentar, sentar, sentar, sentar, tá, tá, sentar
Xiu, ei, olha aqui

Me diz onde é que você tava?
Tava ali, tava ali
Que não apareceu em casa?
Tava ali, tava ali

A noite inteira só na farra
Tava ali, tava ali
Tá ligeira, mas tá danada
Tô falando, tava ali

Toma cuidado, amor
Que eu tou bolado e pode ser terror
Ontem um contato até me chamou
Na maldade pra me bagunçar

Eu não vou me igualar a você
Mas no bailão eu vou sentar
Sentar, sentar, sentar, tá, tá, sentar
Xiu, ei, olha aqui

Sentar, sentar, sentar, sentar, tá, tá, sentar
Xiu, ei, olha aqui

Tava Ali ~ MC Loma e as Gêmeas Lacração & Bevick

Mãos Dadas

- 21:03 ❞

De verdade? Não sei onde tudo isso vai dar. Aliás, não sei ao menos o que estou sentindo. Mas sabe o que sei? Sabe o que tenho certeza? Que quero descobrir isso com você. Quero confrontar meus medos segurando suas mãos. Quero descobrir tudo que posso sentir e compartilhar isso com você, afinal, eu quero você, entende? Quero seu sorriso logo após um beijo lento e demorado. Quero nossas pernas entrelaçadas. Quero acordar com seu nome piscando na tela do meu celular. Eu quero tantas coisas com você. Mas, a principal, com certeza é saber: se eu me jogar nesse abismo, você me dá a sua mão? Porque no fundo eu tenho medo. Tenho medo da felicidade.

- Pedro Peixoto

Por Lugares Incríveis

- 01:08 ❞
• Título Original: All the Bright Places
• Lançamento: 28 de fevereiro de 2019
• Dirigido por: Brett Haley
• Atores: Elle Fanning, Justice Smith, Keegan-Michael Key...
• Gêneros: Drama, Romance
• Nacionalidade: EUA

Violet Markey (Elle Fanning) e Theodore Finch (Justice Smith) têm suas vidas transformadas para sempre quando se conhecem. Juntos, eles se apoiam para curar os estigmas emocionais e físicos que adquiriram no passado.

Não estava preparado para assistir esse filme uma hra dessas. Pensei qê o filme fosse aqueles dramas qê começam pacato & terminam pacato. No começo pensei qê o casal não tinha nada a ver, mas a química dos dois vai nascendo no decorrer do filme. É a verdadeira história de qê, às vezes, quem ajuda mto também precisa ser ajudado.

Viveu

- 21:00 ❞

No meio de uma noite sem fim ele desejou por um segundo a morte, arremessou o travesseiro que teimava em não dar encaixe e dormiu, não por culpa do sono, mas por um cansaço do tamanho de uma árvore centenária, de raiz profunda e histórias tristes. Quando acordou, aterrissou nos chinelos e fez, sem perceber, o que vinha feito nos últimos anos: viveu. Coou o café, tomou banho, pisou na rua e encolheu os olhos quando encarou o Sol. Foi vivendo, vivendo, vivendo e esqueceu de morrer, o desejo se perdeu nas lembranças, pois ele nunca teve a memória boa, mas não esquece a data do aniversário da mãe e liga de longe para dizer o mesmo de sempre: "Cê tá bem? Te amo. Se cuida". O mesmo de sempre era maior que uma árvore centenária.

Normalizar

- 20:34 ❞

Tanto caí nessa vida que hoje em dia nem noto o som das minhas costas baqueando contra o chão. E mesmo correndo o risco de perder qualquer pessoa na qual valha a pena investir esforços para ficar ao lado, acho mesmo que preciso abortar a missão de um relacionamento sério e retornar sorrindo ao estágio estoico da minha vida, até tudo normalizar, no sentido original da palavra.

- Gabito Nunes

Demorei

- 23:56 ❞

Ela disse que eu demorei demais. Eu concordei, mas não entendi. Pra que ter pressa de gostar de alguém?

Tempestade

- 20:19 ❞

Eu achei que não te amava mais. Eu vesti a carapuça de quem havia seguido em frente, de quem não iria voltar atrás. Eu pensei que não havia mais nada que me fizesse ficar. Até te sentir de novo. Até notar suas mãos percorrendo cada parte de mim com tamanha urgência que fez reacender toda e qualquer ligação que pudesse estar perdida em algum submundo. Quando te vi parado no meu portão, às três da manhã de uma quarta-feira, amedrontado e exausto desse amor que a gente não consegue explicar e nem entender, eu percebi que ainda sou apaixonada por você. Eu ainda respiro a sua existência.
Eu tô incrustada na sua pele. Eu tô nas músicas que você escuta, nos filmes que você assiste, nas bocas que você beija, no whisky que você ingere e nas piadas que você ri. Eu tenho moradia garantida em você, e é por isso que ainda hoje, mesmo depois de tanto tempo, você ainda frequenta a minha calçada em algumas dessas madrugadas que a falta passa a sucumbir. Você não entende, mas sabe.
Eu fui o furacão que te desordenou. Eu te baguncei da cabeça aos pés e ainda assim você não conseguiu me deixar. Já você foi tempestade do início ao fim. Alagou partes em mim que eu mal sabia da existência e deixou tantas outras em desuso. Eu só consigo amar você e ninguém mais. Eu queria tanto, mas tanto conseguir encarar outra pessoa por mais de dez segundos, sem me sentir vazia e desumana. Você levou tudo de mim. Eu não sou mais a mesma que você conheceu há sete anos atrás, mas ainda sinto a mesma paixão enfurecida que senti por você desde a primeira vez em que fui sua.
Quando eu te vi frustrado, desorientado, bêbado, e escorado na porta do carro em frente ao meu portão, eu entendi. Você também não é mais o mesmo, mas ainda assim volta pra mim. Já fazem meses desde que rompemos o elo imaginário que nos unificava e eu ainda te sinto da mesma forma. Ainda sinto admiração por cada parte que te constitui, mesmo depois de todas as vezes em que a gente feriu um ao outro. Seu mal não foi por mal.
Nunca fui amada por ninguém da mesma forma que fui por você. Não sei se sou merecedora de um sentimento tão brando e bonito que você ainda nutre. Sei que muitos passam a vida inteira procurando isso que a gente sente tanto e de forma tão fugaz. A diferença é que nunca soubemos lidar com tamanha explosão. Sempre tive medo. Você também.
Eu ainda sou apaixonada por você. Pela forma que você ri quando está nervoso, pela sua barba milimetricamente aparada, pelo jeito que você prende o cigarro na boca, por você continuar segurando a minha mão, mesmo depois de tudo, apesar de tudo. Eu ainda penso muito em você e na forma com que a gente conduziu a nossa história. Você também se pergunta o que teria sido da gente se tivéssemos sido mais fortes? Nós estávamos tão cansados que não cogitamos a possibilidade de continuarmos sentindo o mesmo amor que nos fez chegar até aqui. Eu pensei que fosse passar.
Amar você foi a coisa mais louca e anestésica que eu já fiz em toda a minha vida. Não me arrependo, nem mesmo por um segundo, mas eu penso muito. Penso em todas as situações em que a gente se colocou e não soube se sobressair. Penso nas noites em que quis estar com você enquanto rondava a cidade procurando alguma saída que não envolvesse a sua cama. Penso nas coisas que a gente já disse e já fez um para o outro que seria o suficiente pra estampar as páginas de algum best-seller. E nos dias em que eu pensei estar livre de todo e qualquer sentimento, até me deparar com os seus olhos.
Você ainda me confunde. Você ainda faz minhas pernas tremerem e meus pulmões arderem. Você ainda é o motivo pelo qual eu me levanto da cama às três da manhã. Você ainda me faz querer voltar. Estar frente a frente à você enquanto você se despe de toda a sua carcaça de valente e inatingível ainda me faz soluçar. Eu não nasci pra te ver vulnerável. Você sempre foi a minha fortaleza e te ver tão perdido e desestabilizado como eu me encontro, me faz querer desistir. Eu não sei mais o que fazer. Eu não imaginei que ainda estaríamos tão vivos como agora. Eu nunca pensei que ainda seríamos nós, após todo esse tempo.
Eu achei que não te amava mais, até te sentir adentrando por cada partícula que me funde e que ainda te pertencem. Eu achei que não precisava mais de você, até sentir a urgência do meu calor que faz morada no teu peito. Eu não sei se algum dia eu vou estar livre disso. Seu amor ainda me constitui. E o seu semblante grita meu nome. Eu não consigo te deixar.
Ontem à noite deu tempestade. Vou encarar como um sinal. Você voltou, mais uma vez.

Discos

- 22:30 ❞

Parece que me dividi em dois, um que ainda gosta de você, e o outro, que te esqueceu. Os dois ouvem os mesmos discos, mas bebem coisas diferente.

Vai que Cola 2 - O Começo

- 02:19 ❞
• Título Original: Vai que Cola 2 - O Começo
• Lançamento: 12 de setembro de 2019
• Dirigido por: César Rodrigues
• Atores: Samantha Schmütz, Marcus Majella, Emiliano D'Ávila...
• Gêneros: Comédia
• Nacionalidade: Brasil

Muito antes de socializarem quase todos os dias na pensão da Dona Jô (Catarina Abdala), Jéssica (Samantha Schmütz), Ferdinando (Marcus Majella), Máicol (Emiliano D'Ávila) sequer se conheciam. Mas Terezinha (Cacau Protásio) decide organizar uma grande feijoada no Morro do Cerol, todos eles se encontram pela primeira vez, da maneira mais inusitada possível.

Eu sou suspeita pra falar, né!? Já qê eu amooo a série. Mas foi bem legal saber como os personagens se conheceram, como as coisas começaram, só senti falta do Tiziu ser negro {ele ficou preto por causa de um choque}, não sei se seria um ator negro ou o ator seria escurecido, mas teria melhor continuidade. A parte da Velna foi mto bom também, mas seria bom se o cara qê tivesse atrás do tesouro fosse o Armando, qê era o comparsa da Velna no começo. Mas o filme é engraçado & bem nostálgico, me lembra o começo da série. Adoreeeeeeei!!!

Carta Para os Meus Amigos

- 22:56 ❞

A gente se conheceu no cursinho, mas nunca fomos amigas além de lá. Vcê era a mais tranquila da turma, mas também não era da turma qê saía pra curtir depois da aula. A gente formava um trio, mas nunca passamos disso. Eu sinto saudade daquela época, das fotos que a gente tirava ou qnd a gente fugia da aula pra ficar conversando besteiras. A gente nunca se viu fora do cursinho, a gente nunca foi confidente de segredos, mas eu tenho certeza qê o nosso carinho era verdadeiro. Eu te queria tão bem, pois vcê me fazia tão bem. Eu lembro de todas as gargalhadas qê a gente dava juntas & do qto a gente aprontava. Mas espero qê vcê esteja bem, qê tudo esteja bem & qê vcê sinta essa nostalgia gostosa qê eu sinto toda vez qê eu lembro da gente.

Para IM

Grande Amor

- 22:28 ❞

Estive evitando o destino. Não quero encontrar um grande amor na fila do supermercado ou esbarrando com ele na faculdade. Não quero mais saber de clichês. Se o amor quiser me encontrar, ele que bata na minha porta e me beije, porque por essa, eu jamais vou esperar.