O Dia Que a Terra Parou ~ Glebo, Gaab, Thomaz, Ayee, Nikov & Marinho

- 19:41 ❞

Oi, agora é hora de deixar de lado toda e qualquer diferença
Dói, angústia, olhar de medo, o desespero no rosto do mundo inteiro, essa doença
Pessoas de máscaras e as ruas vazias
O dia em que a terra parou
Chegou que nem o Raul dizia

Oi, falando sério, a gente é junto, sinto muito se você ainda não entendeu
Que depois é muito longe para valorizar o que a vida te deu
E a liberdade é a coisa mais linda
E o amor é a luz e o sentido da vida

Hoje recebi um toque do futuro
Hoje uma nova chance pra tudo
(BIS)

Independente de onde a fé cê deposita
Reflita a gente cansa, mas nunca desacredita
O mundo muda e nossa gente se adapta
Em tempos de luta o amor fortalece e facilita

A distância afasta, mas não limita
O novo sempre existe, enxergue e se permita
O medo sussurra, mas minha alma grita
Abra a janela que essa vida é tão bonita

O que tá fazendo sentido?
Tem mais álcool na minha mão do que no meu fígado
Terceira guerra mundial sem armas
A munição são os canalhas

Eu gosto de quarentona não de quarentena
Eles contratam tudo por uma antena chamada celular
Sabe até onde você vai cagar
O dia que a terra parou foi anunciado

A 40 anos por um poeta de estrada
Raul Seixas voltou com a sua nave pra casa

Oi, agora é hora de deixar de lado toda e qualquer diferença
Dói, angústia, olhar de medo, o desespero no rosto do mundo inteiro, essa doença
Pessoas de máscaras e as ruas vazias
O dia em que a terra parou
Chegou que nem o Raul dizia

Oi, falando sério, a gente é junto, sinto muito se você ainda não entendeu
Que depois é muito longe para valorizar o que a vida te deu
E a liberdade é a coisa mais linda
E o amor é a luz e o sentido da vida

Hoje recebi um toque do futuro
Hoje uma nova chance pra tudo
(BIS)

Hoje recebi um toque do futuro
Hoje uma nova chance pra tudo
(BIS)
Hoje recebi um toque do futuro
Hoje uma nova chance pra tudo

O Dia Que a Terra Parou ~ Glebo, Gaab, Thomaz, Ayee, Nikov & Marinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário