Email de Amor

- 12:33 ❞

Faz dez dias que enviei um e-mail de amor e até agora não houve qualquer resposta. Sim, eu sei, o ideal era ter escrito uma carta de amor, porém a minha ansiedade permite trabalhar apenas com meios de comunicação que possam atender a urgência do sentimento. O problema nem é a falta de uma resposta, afinal, é uma carta de amor e não uma pergunta de amor. Na verdade, o que eu preciso, e preciso agora, é saber se o endereçado recebeu essa mensagem, ao mesmo tempo em que não posso enviar outro e-mail para saber se o primeiro chegou, pois nunca, escute bem, nunca se deve pedir por um retorno de uma carta de amor. Quando jovem, escrevi uma música que dizia, "gostar tem que ser sem pedir mesmo que seja sem querer". E, assim, continuarei, sem pedir para o amor e amando sem querer. Encerrei exatamente com essa última frase o meu e-mail de amor, este que não vou saber se chegou. Talvez a divindade responsável pelas mensagens de amor esconda algumas entre as nuvens ou fincadas em dunas de areia, pois ela sabe, não é tudo que se deve chegar ao destino.

bfontes

Nenhum comentário:

Postar um comentário