08:45

Morrendo


Eu não quero qê vcê ache qê é sentimento, mto menos qê ache qê é falta de vcê. Mas eu tenho saudade de sentir tudo aquilo de novo. O desejo sem fim, a vontade sem cura & a expectativa qê um novo diia surgisse para qê o tempo separados fosse cada vez menor. Eu gostava do jeito como vcê me fazia sentir como se eu fosse a melhor mulher do mundo & perto de vcê eu era. Mas por dentro, só pra miim. Todo mundo tem seus grilos, eu tenho todos os insetos juntos. E mesmo eu cheia de coisa na cabeça, eu não podia exigir alguém seguro. E do mesmo jeito qê vcê tinha medo qê eu fugisse, eu também tinha medo de tudo aquilo, um diia, não ser. E como eu não consigo viver com essas paranoias na cabeça, mtas vezes eu prefiro antecipar a partida. E é aí qê eu fujo. Mas o irônico disso tudo é qê mesmo eu indo embora, vcê ficou. Vcê sempre fica. Por mais qê eu fuja, vcê não desiste, vcê está sempre lá, esperando qê um diia eu tenha uma recaída de novo. E eu não quero qê vcê ache qê é sentimento, mto menos qê ache qê é falta de vcê. Eu só quero qê saiba qê eu tô cansada de tentar com pessoas erradas, de estar com pessoas qê só pensam em si. Tô cansada de não ter aquela entrega & de todo cara qê eu me envolver não arrepiar nem um único pelinho sequer da minha pele. E eu tô tão cansada qê eu me recuso a sair de casa por um cara qualquer, a ponto de esgotar todas as minhas possibilidades de encontrar alguém legal por aí. E sabe aquela Tracy romântica, esperançosa, aquela qê acreditava qê existia alguém feito especialmente pra ela!? Aquela Tracy está sumindo, desaparecendo aos poucos & eu tenho medo disso. Mas a única coisa qê faço qnd tenho medo é antecipar a partida.

Para RL

Nenhum comentário:

Postar um comentário