19:26

Não Ignore


Ei, não ignore os sentimentos temporários, quem te fez rir duas vezes te fez rir duas vezes, e duas vezes é muito nessa vida de tempo curto e bastante chororô. Sem essa obsessão pelo eterno, o amor também sabe ser miúdo e cabe em qualquer beijo dado no portão. Cabe também no bolso da calça preferida e no olhar daquela menina, que eu nunca tive coragem de perguntar o nome. Antes de encontrar esse amor pra vida inteira, esse que você viu no cinema, tu vai dar beijos sem motivo, vai dizer que tá morrendo de saudade e continuar vivinha, pois saudade não mata, nem o amor, ainda mais os pequenos, que cabem no bolso e nos olhos dos jovens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário