20:28

Desculpa


Desculpa. Você sabe que eu tenho esse dom, não sabe? Eu fujo das situações, das coisas, das pessoas. Você sabe que eu sou assim, então por favor, não me deixa ir. Sei que posso ser um enorme pé no saco, eu faço tudo errado. Mas, de alguma inexplicável maneira, eu sei que você sempre está lá por mim. Nem em um milhão de anos eu jamais iria merecer alguém como você na minha vida. Então, desculpa. Mas também obrigada. Obrigada por ficar, desculpa por te dar a opção de ir. Eu juro que vou tentar ser melhor. Acho que é meio difícil não conseguir, né? Eu tenho você, eu tenho tudo. Se eu foder com tudo, só saiba que eu sou uma idiota do caralho, mas uma idiota do caralho que te ama pra caralho.

- Ora, dores

Nenhum comentário:

Postar um comentário