15:09

Ansiedade


Isso akê não é mais um texto, qê precisa ter começo, meio & fim; Qê precisa ter um tema específico. Isso akê é apenas a minha forma de tentar colocar em palavras todas as coisas qê eu acho sobre miim, sobre vcê, sobre nós. (...) É difícil explicar como tudo começou... Eu sempre achei qê um diia eu ia encontrar o amor da minha vida, qê a gente ia se apaixonar, ia ter certeza disso & íamos ficar juntos pra sempre. A gente ia se encaixar em cada coisinha do nosso diia-a-diia & todo momento ia ser enorme empolgação. Mas eu acabei me apaixonando por cada pessoa qê eu jurei, de pé junto, qê daríamos errado. E uma delas foi vcê. Podiia ser só mais um, & foi. Mas vcê se encaixou em cada coisinha qê eu dizia querer tanto. Mas eu, como todas as vezes, ainda assim, jurei, de pé junto, qê daríamos errado. E, mesmo depois de tantas idas & vindas, a gente ainda está akê, como um daqueles filmes de romances baratos qê eu tanto gosto de assistir. Eu pensei em vcê a semana inteira ou mto mais. No começo eu pensava toda hra, todo diia... Foi diminuindo gradativamente, mas nunca se foi totalmente. E um pouco antes do último texto, eu vim pensando cada vez mais em vcê. Cada vez um pouco mais. E, enfim, chegamos aonde estamos agora. Eu não preciso listar akê todas as coisas qê a gente sabe qê a gente dá certo. Mas ao mesmo tempo, hoje tem tanta coisa qê eu não sei se daríamos mais. Eu não sei se eu consigo te dividir com todas as novas pessoas qê vcê conheceu ao longo desse tempo. Eu não sei se eu taria disposta a participar dos teus desejos mais loucos & safados. Eu não sei se eu ia conseguir ficar um tempo longe de vcê. Eu não sei se eu conseguiria aguentar as tuas amizades com as tuas ex's. Eu não sei se eu lidaria bem com a tua família. Eu não sei se eu aguentaria o mundo. Será qê eu ainda te amo tanto assim!? Ou amo uma pessoa qê vcê já foi!? Será qê vcê me ama mesmo!? E se me ama, se me quer mesmo!? Se acredita mesmo na gente!? Será qê ainda somos os mesmos!? E se não somos, será qê quem nos tornamos, juntos, ainda nos completa!? Eu sei qê é mto injusto deixar tudo isso nas tuas mãos, prqê de alguma forma eu também tenho responsabilidade nisso tudo. Mas eu preciso de coragem, eu preciso acreditar. E o medo de me decepcionar mais um vez, me faz recuar. E eu posso até dizer qê agora é diferente das outras vezes, mas não é. Eu tô dando um monte de motivos pra ir embora mais um vez. Mas, e se eu te disser qê eu conheci outra pessoa!? Se eu te dizer qê a gente teve uma conexão instantânea!? Se eu disser qê a gente pretendia fazer isso dar certo, de verdade!? Se eu te disser qê por algum tempo eu consigo não pensar em vcê!? Será qê mesmo assim vcê ainda vai acreditar na gente!? Cê sabe qê a gente não é a única opção qê temos nesse mundo, neah!? Cê sabe qê a gente ainda pode morrer tentando, neah!? Mas prqê será qê vcê acredita tanto nisso!? Mas prqê vcê acha qê é pra ser!? Mas prqê tinha qê ser assim!? Mas prqê eu tive qê pedir a Deus com tanta força pra vcê voltar!? Vcê não voltou em tantas outras vezes, prqê agora!? Às vezes, eu só queria sumir, pra não ter qê ter nada pra decidir. Como vcê me pede pra seguir minha vida, dizendo qê um diia vcê vai voltar!? Como vcê pede pra eu te esperar!? Vcê sabe qê eu tenho problemas de ansiedade & isso me faz sofrer por antecipação. Desculpa, descarregar todas as minhas incertezas em vcê, mas eu preciso colocar isso pra fora, prqê isso tá tomando conta de miim. Eu não consigo ficar em paz. Como eu ainda não consegui desde qê a gente se conheceu, só qê, às vezes, é um pouco menos, às vezes, um pouco mais. Mas a gente dá um jeito, a gente sempre dá, neah!?

Para BE

Nenhum comentário:

Postar um comentário