23:47

Dia Inteiro


Posso te falar um dia inteiro, mas um dia inteiro é tão pouco. Posso escrever mil e-mails e todos eles serão pouco. E, posso escrever pouco para não enlouquecer, mas a loucura diz que é pouco e pede para eu escrever o dia todo. E eu digo, escrevo os e-mails e sinto, sinto tanto tanto tanto que dói, por eu não poder desenhar e fazer você ver as cores do que sinto, por mais que eu escreva uma centena de livros. Não existe prova de amor para um amor perdido, e a gente dorme sem encontrar as palavras certas, sem conseguir provar. Eu te amo, e entendo que você não consiga sentir, mesmo que eu fale o dia inteiro. E assim, o amor morrerá em silêncio, quando eu deixar de dizer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário