23:47

Desmorona


Desmorona tudo dentro, a gente reergue, cai tudo de novo, a gente reergue metade, acorda sol e morre tempestade, agarra qualquer peito achando que é amor sem saber que é só vontade, uma vontade irresponsável de apoiar-se num novo lugar, pelo simples cansaço de desabar. Eu não nego o carinho, apenas desconfio. Eu não recuso o amor, apenas duvido. O abraço é cuidadoso pra não machucar, é que tudo tem desabado facilmente aqui dentro, mas eu prometo, não deixarei de olhar nos olhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário