De Verdade ~ Fresno

- 22:31 ❞

Não quero saber
Nem me importo mais
E eu atribuo a você a minha paz

Te chamei de céu
Que é pra ensolarar
Toda assombração que possa me assolar

Eu cansei de tentar ser perfeito
De fazer todas coisas do meu jeito
Eu jamais agi contra a vontade

E hoje mesmo cheio de defeitos
Eu guardo essas marcas no meu peito
Pois são de verdade

Eu tomo meu café
São sete da manhã
Tá difícil de viver com a mente sã

E quando dou por mim
Eu dormi no sofá
Um filme que eu não consigo terminar

Eu cansei de tentar ser perfeito
Fazendo todas coisas do meu jeito
Eu jamais agi contra a vontade

E hoje ainda cheio de defeitos
Eu guardo essas marcas no meu peito
Pois são de verdade

São de verdade
Eu sou de verdade



Sou de verdade
Eu sou de verdade
Eu sou de verdade



Tudo é de verdade

De Verdade ~ Fresno

Nenhum comentário:

Postar um comentário