03:28

Caminho


Linda, você tá bem? Tenho muito para te contar, não é somente a saudade que dói. Estou com medo, e também surpreso. As coisas estão difíceis por aqui, mas a esperança brilha pequena e intensa em corações que eu antes não conhecia. Tenho me apaixonado por mulheres que gritam ao meu lado, por caras que choram de medo e por avós que sabem o quanto vale a luta pela liberdade. Se amanhã não for amor, se quarta-feira não for amor, que seja quinta e não será tarde. Os tempos sombrios me ajudam a culpar os amigos que perdi, mas a culpa dos amores não tenho com quem dividir, estive só e você sabe. Aceitei o seu conselho, estou dizendo sim para todos os convites para lutar pelo amor, só peço um minuto para calçar o tênis e avisar a minha mãe que não chego tarde, "Ué, e vai com quem?". Vou com quem quiser ir comigo, nunca foi tão fácil saber quem fará o mesmo caminho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário