15:23

All Star


Eu lembro bem de qnd vcê desamarrava os meus sapatos só prqê sabia qê isso me irritava mto. No começo eu bufava, brigada & os amarrava de volta. Depois eu comecei a te obrigar a amarrá-los de volta. Vcê nunca teve vergonha de parecer ser besta, de parecer fazer tudo qê eu mandava, prqê vcê adorava me irritar. Vcê me passava trote a cobrar no meio da aula, só prqê sabia qê eu ia olhar toda vez qê meu celular vibrava. Vcê fazia questão de me fazer cosquinhas toda vez qê vcê passava do meu lado. Todas essas coisas me irritavam mto, eu ficava com mta raiva, mas esse era o nosso jeitinho de se importar um com o outro. Vcê me irritando & eu ficando com raiva. A gente nunca foi convencional, né!? O meu All Star rosa não era nem um pouco comum, deve ser por isso qê ele te chamava tanto atenção. Era o meu All Star rosa, era a minha piranha de cabelo qê eu nunca usava ou qndo eu prendia o cabelo no meio da aula. Era como qnd vcê ia de branco pra escola ou aqueles seu dedinhos achatadinhos qê eu gostava tando de frisar. Nada vai ser como nós, prqê nós nunca mais seremos os mesmo. O nosso nós se foi & ficou essas lembranças toda vez qê meu sapato desamarra ou toda vez qê eu decido prender o cabelo.

Para JSM

Nenhum comentário:

Postar um comentário