12:28

Escrevo


Escrevo como a sombra
escrevo sobre a sombra
escrevo vivendo a sombra
e você lê como se fosse o Sol.
Você disse que é lindo.
Eu respondi que era seu.
Você sorriu, confirmando-se poesia.
Cheguei em casa andando em estrelas
e fui questionado quando pisei nas escadas.
O que aconteceu?
Mãe, acho que sou poeta
arranquei um sorriso
que jamais será meu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário