Tá Foda ~ Vitão

- 14:45 ❞

Tá foda
Depois que cê foi embora
Nem o meu samba de roda mais tem graça sem você
Malandragem é reconhecer

Tá foda
Depois que cê foi embora
Sinto que até a viola tem saudade de você
Todo acorde é só pra te dizer
Tá foda

Tudo que você me deu tá longe das comédias românticas Netflix
Tudo que eu quero é que volte minha mina, minha nega, bem mais do que "nude pics"
Sei lá se tá, sei lá se foi, sei lá se tá na minha cama embolada
Enrolando o cabelo no dedo, me olhando e dizendo pra mim que tem medo
De ficar longe, longe

Cê nem deixou um bilhete
Levou meus discos de vinil, meu vaso e meu tapete
Levou meu coração, deixou na sarjeta
Tão longe dos meus olhos mas perto da minha caneta

É osso
De xplicar pro dog quando alguém bate na porta e não é você
Nunca mais liguei a tv, nunca mais ouvi Sade
Quando alguém pergunta não sei nem o que responder

O que que eu vou falar
O que que eu vou dizer
Já tentei não dá
Não dá pra esconder

Tá foda
Depois que cê foi embora
Nem o meu samba de roda mais tem graça sem você
Malandragem é reconhecer

Tá foda
Depois que cê foi embora
Sinto que até a viola tem saudade de você
Todo acorde é só pra te dizer
Tá foda

Porra mina, cê era minha Vila Madalena
Partiu meu coração, mas era meu único esquema
Era minha Monalisa na brisa do vai malandra
Gostosa, era solução que adorava virar problema

Era bem louca tipo Amy Wine de Ipanema
Era maloqueira do tipo foda-se o sistema
Minha Nina Simone bem gata, mas gata da cena
Sintetizada no tema pra escrever esses poemas
Tá louco

Mó saudade mulher
De quando você chegava lá em casa, mulher
To ficando pirado, cê sabe, mulher
Ja falei que tá foda sem você, mulher
(BIS)

Tá foda
Depois que cê foi embora
Nem o meu samba de roda mais tem graça sem você
Malandragem é reconhecer

Tá foda
Depois que cê foi embora
Sinto que até a viola tem saudade de você
Todo acorde é só pra te dizer
Tá foda

Tá Foda ~ Vitão

Nenhum comentário:

Postar um comentário