Amor

- 02:24 ❞

É impressionante a quantidade de conselheiros amorosos que existem por aí. Todos sabem o significado do amor ou em que lugar devemos procurar. Não esperem isso de mim, eu escrevo exatamente por não fazer ideia o que é o amor. Até tenho bons exemplos, claro. Quando meu cachorro lambe meu rosto ou a minha mãe diz, "Vá com Deus, filho". Claro que tem muito amor nessas coisas do dia a dia, mas tô falando desse amor de cinema, de encontrar alguém pra dividir as coisas. O amor é isso, o amor é aquilo... O amor te dá asas, o amor não tem limite... O amor é o céu e um pouquinho de mar, etc e etc. Ok, tem um punhado de gente que realmente conheceu o amor da vida e tem inspiração de sobra pra falar, mas eu não, eu com certeza não. A gente acha que encontra o amor diversas vezes e a gente até finge outras várias vezes, e eu escrevo sobre as que eu acho que poderiam ter sido ou deviam ter sido e eu idiota não notei. É importante lembrar que muita gente só se ferrou nessa de encontrar alguém e são exatamente esses que adoram uma descrição romântica qualquer. Eu continuo sozinho, vou falar bem dele por quê? Nossa relação é complicada, mas vou tentar simplificar. Eu não gosto do amor e ele não gosta de mim, só que a gente frequenta os mesmos lugares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário