Não Acredito

- 00:31 ❞

Eu não acredito qê eu tô escrevendo mais uma vez pra vcê. Será qê eu vou ficar velhinha & eu sempre vou ter uma coisa nova pra falar sobre nós dois!? Será qê eu nunca vou superar de verdade!? E prqê é qê eu sempre volto no mesmo ponto!? É óbvio qê a gente não daria certo. A gente se encontrou no mesmo caminho, mas apareceu uma bifurcação & vcê escolheu o caminho mais curto, eu escolhi o mais bonito. Mas mesmo entendendo todas as coisas qê fariam a gente não ficar juntos, eu ainda sinto falta de todo nervoso qê eu sentia qnd eu sentia vcê chegando perto. Eu nunca vou sentir isso por mais ninguém. Será qê isso é amadurecer!? Será qê amadurecer é qnd os romances não abala mais todas as estruturas do nosso corpo!? Ou será qê eu aprendi a me amar tanto qê ninguém mais é tão necessário assim!? Mas como eu vou ter certeza de alguém qnd meu padrão é esse & isso não acontece mais com ninguém!? Eu queria um amor tranquilo, alguém qê não me deixasse com aquela sensação de qê longe é difícil de respirar, mas como eu vou saber se eu quero tanto assim se eu sentir como se eu fosse morrer!? Eu só queria qê tivesse sido a gente, só pra saber qê a gente não ia ser mesmo. Eu tenho certeza disso, mas eu tenho dúvidas se vai ser outro alguém. Vcê amou a minha pior fase, qnd eu era louca, grossa & não sabia quem eu queria ser. Vcê me amou qnd eu te magoei, qnd eu te ignorei & qnd fingi qê vcê nunca tinha existido. Olha o padrão como tá alto. E a culpa é toda sua. Vcê insistiu tanto, mas tanto & qnd conseguiu fugiu. Eu não vou me desculpar por não ter te oferecido o qê vcê precisava, mas vcê sabe qê vcê nunca ia conseguir me tratar como as outras. Vcê sabe qê o nosso amor era tão grande qê atrapalhava tudo. Atrapalhava quem a gente era & o qê a gente queria. E foi por se amar demais qê a gente conseguiu ficar juntos.

Para JSM

Nenhum comentário:

Postar um comentário