Sombra

- 22:10 ❞

A sombra largou-se de mim, voltou apenas no final do dia e pediu para que eu não saísse ou fosse atrás de notícias. Disse que está sombrio lá fora, até mesmo para ela. Quando liguei o abajur ela deitou-se ao meu lado, maior do que o meu corpo, maior do que a minha cama. Ela perguntou se é possível ser feliz sabendo do inferno dos outros. Eu disse que não sabia. Desliguei a luz e ela tornou-se o quarto todo. Era possível apenas ouvir o seu choro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário